Cerca de 150 mil crianças estão cadastradas para receber a vacina em Salvador

coronavírus
07.01.2022, 11:58:00

Cerca de 150 mil crianças estão cadastradas para receber a vacina em Salvador

Aplicação de imunizante contra covid deve começar em janeiro

Cerca de 150 mil crianças já estão cadastradas para receber a vacina contra a covid-19, em Salvador. Nesta sexta-feira (7), a taxa de ocupação dos leitos de UTI pediátricos está em 85% na capital, depois de ter alcançado 100%, no início da semana. A imunização de crianças foi autorizada pelo Ministério da Saúde, está semana, e a expectativa é de que as primeiras doses comecem a ser aplicadas até o final de janeiro.

A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que o cadastro acontece através do cartão SUS, como no caso dos adultos. A criança que já tem o cartão SUS de Salvador, está automaticamente cadastrada para receber a vacina, e quem não tem, precisa fazer a 1ª via em uma das dez prefeituras-bairro. Caso a criança tenha cartão de outra cidade e seja residente em Salvador o recadastramento pode ser feito pelo site da SMS. 

Nesta sexta-feira, o secretário municipal de Saúde, Léo Prates, comentou sobre o assunto durante a assinatura da ordem de serviço para a construção do primeiro hospital veterinário de Salvador, em Canabrava.

Ele disse que quando as doses chegarem o Município pretende fazer um mutirão para imunizar os pequenos, e vai começar em ordem decrescente. Primeiro, serão protegidas as crianças com 11 anos, depois, com 10 anos, e assim sucessivamente. O secretário acredita que o número de crianças aptas a receber a vacina é maior que 150 mil, mas disse que não tem uma estimativa porque o último censo demográfico do IBGE é de 2010.

“A Sociedade Brasileira de Pediatria soltou uma nota com a qual eu concordo: as pessoas tem que ter medo da covid, e não medo da vacina. Então, vamos nos vacinar. Meus dois filhos se vacinarão na idade certa, tenho uma de 11 anos e outra de 7 anos, para mostrar para a sociedade que eu também acredito na vacina e quero a proteção dos meus filhos”, afirmou.

Os pais do secretário testaram positivo para covid e estão isolados. Os dois já tomaram as duas doses da vacina e a dose de reforço, por isso os sintomas são leves e a saturação está dentro do esperado. Eles estão em Salvador e estão sendo monitorados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas