Cerca de 500 famílias recebem apartamentos novos em Salvador

salvador
19.10.2021, 11:32:00
Atualizado: 19.10.2021, 13:03:12
Novos apartamentos entregues aos moradores (Foto: Bruno Concha/Secom)

Cerca de 500 famílias recebem apartamentos novos em Salvador

Foram contempladas pessoas que viviam em áreas de risco e outras através de sorteio; outras 380 unidades ainda serão entregues

Faz dez anos que dona Iraci Braga, 66 anos, espera pela casa própria. Nesta terça-feira (19), os olhos atentos da aposentada observavam o novo apartamento em que ela vai morar. A filha da idosa foi uma das 500 pessoas contempladas com uma unidade habitacional no empreendimento Sol Nascente I, II e III, na Estrada do Arenoso, em Nova Esperança, na região do CIA-Aeroporto.

A construção do condomínio foi produto de uma parceria entre a Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado. No total, são 880 apartamentos que serão entregues para família que viviam em áreas de risco na comunidade Paz e Vida, em Mata Escura, ou que moravam em um casarão condenado na Ladeira da Praça, no Centro. O restante dos moradores foi beneficiado através de sorteio, como foi o caso da família Braga.

“Minha filha fez a inscrição no programa de assistência e ficamos aguardando. Já tem dez anos nessa espera, até que agora aconteceu. Estamos muito felizes. Hoje, a gente mora de aluguel, ela está desempregada e tem uma filha de 5 anos. Minha aposentadoria é tudo o que temos, é com ela que a gente paga o aluguel, gás, luz, mercado e tudo mais. O apartamento é dela, mas vamos morar juntas”, contou.

Moradores receberam as chaves durante o evento (Foto: Bruno Concha/ Secom)

A assinatura do contrato e entrega das chaves foi realizada no local pelo prefeito, Bruno Reis, e pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. O gestor municipal disse que era um momento de emoção para as famílias e que outros condomínios serão entregues no Alto da Terezinha e em São Tomé de Paripe até o final do ano.

“Esse é o quatro empreendimento fruto de uma parceria da prefeitura com o governo federal entregues esse ano, e ainda teremos outros dois para entregar. Vamos fechar o meu primeiro ano de governo com 2.140 unidades entregues. A gente sabe o quanto é importante a realização do sonho da casa própria. Aqui, estamos fazendo o reassentamento de quase 200 famílias que viviam em condições subumanas. Esse é um empreendimento com toda a infraestrutura, portanto, estou muito feliz”, disse Bruno.

Os primeiros operários começaram a trabalhar na construção do residencial em 2018. Os 500 moradores contemplados fizeram uma fila após o evento para receber as chaves e saíram do local com ela nas mãos. Já os outros 380 estão passando por análise da Caixa Econômica Federal para a assinatura do contrato, vistoria e entrega gradativa das chaves. A expectativa da prefeitura é que o processo seja concluído até o final de novembro.

Os cidadãos foram contemplados através do programa habitacional Casa Verde e Amarela e aprovados pela Caixa Econômica Federal. O ministro Rogério Marinho garantiu a continuidade e intensificação das parcerias entre os governos federal e municipal.

"O sonho de vocês que está sendo realizado aqui é o sonho de milhões de famílias brasileiras. Nós temos que continuar trabalhando muito. Nós vamos estabelecer mais parcerias com a Prefeitura de Salvador, uma prefeitura que tem uma capacidade de execução bem acima da média das demais prefeituras do Brasil", disse.

Enquanto as autoridades discursavam a pequena Ana Beatriz, 4 anos, explorava o novo local onde vai morar. Os residenciais Sol Nascente I e II são compostos por 15 blocos cada e o Residencial Sol Nascente III, por 14 blocos, reunindo 880 moradias no total. Cada apartamento possui 47 metros quadrados distribuídos por dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O empreendimento conta com quadra de esporte, centro comunitário e parque para as crianças.

Com o antigo programa Minha Casa, Minha Vida, a Prefeitura entregou 12.339 unidades habitacionais em 24 empreendimentos em localidades como Fazenda Grande, Ceasa, Pirajá, Coutos, Jardim das Margaridas e Boca da Mata. Já com o atual Casa Verde e Amarela, outras 500 unidades foram entregues recentemente em São Tomé de Paripe.

Escola
Uma escola será construída dentro do Residencial Sol Nascente entregue nesta terça-feira. Durante o evento, o prefeito Bruno Reis anunciou que a licitação será concluída até o mês de novembro e a previsão é de que as obras comecem ainda este ano e durem dez meses.

“Sempre nos empreendimentos do Casa Verde e Amarela a gente viabiliza a infraestrutura. Nesse caso, fizemos uma nova via para melhorar o acesso. O investimento na escola será de R$ 7 milhões para atender aos moradores do Sol Nascente e dos empreendimentos do entorno. Vamos concluir a licitação e iniciar as obras ainda esse ano. São 14 escolas licitadas esse ano com recursos próprios”, afirmou.

Cerca de R$ 2 milhões foram investidos em pavimentação das vias do entorno. Para a manicure Isabel Ferreira, 30 anos, a notícia foi um alívio. “Meu filho e minha sobrinha estão em idade escolar e eu já estava preocupada onde encontraria uma escola para eles. Bom saber que teremos uma escola ao lado de casa”, disse.

A prefeitura fez um balanço das últimas ações e disse que 257 unidades habitacionais foram entregues na Comunidade Guerreira Zeferina, outras 358 unidades em Baixa Fria e mais 120 unidades na Vila Barro Branco, esta última destinada às vítimas de chuva. Outras 876 moradias estão previstas para serem entregues ainda este ano, juntamente com a Caixa Econômica Federal, nos residenciais Vila Solidária Mar Azul (em Tubarão) e Mané Dendê (Ilha Amarela).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas