Cerveja me f*de: ‘Se solta antes, concorria a música do carnaval’, diz Magnata

salvador
23.02.2020, 20:25:00
Atualizado: 23.02.2020, 20:49:47

Cerveja me f*de: ‘Se solta antes, concorria a música do carnaval’, diz Magnata

Faixa foi gravada com base em meme que viralizou e virou até fantasia de carnaval. Ouça!

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cantor Bruno Magnata, da banda La Fúria, disse, neste domingo (23), que a música ‘Cerveja me fod*’, lançada há apenas três dias tem grande potencial, mesmo com pouco tempo que ganhou as ruas. “Viralizou demais, está estourada, estou feliz de verdade. O pessoal estava comentando comigo que se a gente solta antes, concorria a música do Carnaval”, contou.

A canção surgiu a partir de um meme criado pelo humorista baiano Dum Ice. O rapaz tem um personagem chamado Zói Pocu, que costuma colocar a culpa na bebida quando resolve pegar homens. A frase “Eu amo cerveja, cerveja me fode” tomou conta das ruas e virou fantasia de carnaval. Um monte de gente foi para a avenida usando plaquinhas com a expressão.

(Foto: Marina Hortélio/CORREIO)

Durante o show no circuito Campo Grande, Magnata comentou a parceria e confirmou a receita do sucesso. “Dum é um grande amigo meu, das antigas. A La Fúria sempre foi uma banda do meme. Sempre fui um cara ligado à internet e tudo o que acontece por lá eu quero fazer música”, falou.

Segundo o artista, a agenda da banda tem 14 apresentações previstas neste carnaval e deverá ficar fora do “Arrastão” da Quarta-feira de Cinzas. “Vou estar muito cansado”, disse.

Ouça:

Ver essa foto no Instagram

Obrigado Campo Grande minha favela vcs são foda

Uma publicação compartilhada por Bruno Magnata (@brunomagnatareal) em

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas