Chegou junto! Barradão não recebia tanto torcedor desde 2018

e.c. vitória
15.11.2021, 17:22:00
Torcida do Vitória faz a festa no Barradão durante jogo contra o Cruzeiro (Paula Fróes/ CORREIO)

Chegou junto! Barradão não recebia tanto torcedor desde 2018

Público do Vitória contra o Cruzeiro tem padrão inédito desde queda à Série B

A torcida do Vitória chegou junto de verdade nesta reta final da Série B. A nação rubro-negra compareceu em bom número ao Barradão no domingo (14) e jogou com o time durante os 3x0 contra o Cruzeiro, na antepenúltima rodada. Diante da Raposa, 16.991 pagantes estiveram no estádio (18.063 presentes no total), e tinha tempo que o torcedor não marcava presença desse jeito. Desde 2018, quando o time ainda disputava a Série A.

Três anos atrás, em 11 de novembro de 2018, o Barradão recebeu 21.714 pagantes para o Ba-Vi da 33ª rodada do Brasileirão. O clássico terminou empatado em 2x2 e, no final do campeonato, o Vitória amargou o rebaixamento à segunda divisão, de onde ainda não conseguiu sair. De lá pra cá, o Leão até jogou como mandante com público superior ao computado no último domingo, mas não no Barradão. 

Em 14 de setembro de 2019, 21.714 pessoas pagaram para ver o Vitória enfrentar o Guarani na Fonte Nova, pela 22ª rodada da Série B. Na ocasião, a diretoria rubro-negra havia decidido mandar os jogos na arena. Apesar da adesão da torcida no primeiro confronto após a mudança, o Leão não correspondeu em campo, perdeu por 1x0 para a equipe paulista e o público caiu drasticamente já na partida seguinte. Admitindo que a decisão não foi acertada, o clube voltou para o Barradão após três partidas na Fonte Nova.  

Vale lembrar que, por causa da pandemia de covid-19, o Barradão ficou impossibilitado de receber público de março de 2020 a outubro deste ano. O retorno do torcedor ao estádio ocorreu no dia 19 de outubro, quando o Vitória venceu o Itabaiana por 3x0 e se classificou à terceira fase da pré-Copa do Nordeste. 

O apoio em massa chegou na hora certa. Impressionou o técnico Wagner Lopes, o capitão Wallace e contagiou o time em campo. Com a vitória diante do Cruzeiro, o rubro-negro chegou a 40 pontos e passou um dia fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição. No entanto, Brusque e Londrina venceram seus jogos nesta segunda-feira, foram a 41 e derrubaram o Leão novamente para 18º lugar.

Agora, o Vitória precisará de novo reforço na arquibancada, dessa vez para encarar uma decisão na pré-Copa do Nordeste. Enfrenta o Botafogo-PB na quinta-feira (18), às 21h30, no Barradão. O jogo definirá quem garante vaga no regional de 2022. 

A partida de ida, realizada em 26 de outubro, no estádio Almeidão, em João Pessoa, terminou empatada em 1x1. Portanto, quem vencer se garante no torneio do ano que vem. Em caso de novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

"Em jogo de mata-mata, o sentimento é diferente. Cada lance pode definir o jogo. Um erro, um escorregão, qualquer desatenção, você pode tomar o gol. Depois, você não reverte. É seriedade, concentração o tempo inteiro, respeitar o Botafogo-PB, que, com certeza, vem aqui para dificultar", pontuou o técnico Wagner Lopes, que aproveitou para convocar a nação rubro-negra.

"A gente vem melhorando a cada jogo, ainda mais com apoio do nosso torcedor, que a gente espera que compareça, que venha nos apoiar, nos incentivar. A Copa do Nordeste é muito importante para nós, tanto com visibilidade quanto financeiramente, para resolver os nossos problemas. Então a gente precisa muito dessa classificação e conta com o apoio do nosso torcedor", disse o treinador.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas