Com depressão e dor crônica, fundador do WikiLeaks pode morrer na prisão

mundo
25.11.2019, 09:13:00
Atualizado: 25.11.2019, 09:13:59
(AFP)

Com depressão e dor crônica, fundador do WikiLeaks pode morrer na prisão

Julian Assange tem estado de saúde delicado, segundo médicos

Mais de 60 médicos escreveram às autoridades britânicas afirmando que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, precisa de tratamento médico urgente ou pode morrer na prisão. Os profissionais disseram em uma carta publicada nesta segunda-feira, 25, que Assange sofre de problemas psicológicos, incluindo depressão e de uma grave dor no ombro - além de questões relacionadas aos dentes.

O australiano está na prisão segurança máxima de Belmarsh, nos arredores de Londres, enquanto espera a audiência sobre seu processo de extradição para os Estados Unidos, marcada para fevereiro. Washington acusa Assange de divulgar milhares de documentos confidenciais.

A carta dos médicos - profissionais do Reino Unido, Austrália e Sri Lanka, entre outros países - foi enviada ao secretário de Interior do Reino Unido, Priti Patel, e distribuída pelo WikiLeaks.

'Grande preocupação'
No documento, os médicos expressam "grande preocupação" com a saúde de Assange, de 48 anos, e pedem que ele seja levado a um hospital universitário e passe por uma avaliação. "Do ponto de vista médico e diante da evidência disponível, temos uma grande preocupação com o estado físico de Assange para enfrentar o julgamento em fevereiro de 2020. O mais importante é que, na nossa opinião, Assange requer uma avaliação médica urgente sobre o estado físico e psicológico dele", acrescentaram.

Se não receber tratamento médico, ele "pode morrer na prisão", escreveram os profissionais. A australiana Lissa Johnson disse que uma avaliação médica independente é necessária para determinar se Assange está "medicamente apto" a enfrentar um processo legal.

Na semana passada, a Promotoria da Suécia decidiu encerrar a investigação sobre o caso de estupro contra o australiano. A vice-procuradora-geral Eva-Marie Persson justificou a decisão em razão do enfraquecimento das evidências e da falta de argumentos para a acusação. (Com agências internacionais).
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-um-furacao-video-de-mulher-narrando-tempestade-em-baianes-viraliza/
'Que disgraça... Acho isso massa', comenta cinegrafista amadora; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dois-predios-sao-demolidos-apos-desabamento-em-narandiba/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/titulo-do-brasil-na-copa-america-vira-documentario-veja-trailer/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradora-de-predio-que-desabou-ja-sabia-dos-riscos-nem-conseguia-dormir/
Edificação já havia sido condenada e esvaziada cerca de dez dias atrás
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/animacao-dublada-por-lazaro-ramos-satiriza-franquias-de-espionagem/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/assaltante-baleado-em-tiroteio-com-a-pm-na-vasco-morre-no-hge/
Vídeo mostra início de perseguição policial após roubo de carro em Brotas; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filme-com-ex-the-voice-kids-mostra-sonho-adolescente-pela-carreira-musical/
O Melhor Verão Das Nossas Vidas estreia nesta quinta-feira (23)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/perseguicao-da-pm-a-ladroes-termina-com-baleados-na-vasco-da-gama-panico/
Idosos ficaram feridos após o carro em fuga bater no veículo em que eles estavam
Ler Mais