Conheça 10 tendências em tecnologia para a indústria

bahia
25.05.2021, 06:00:00
Atualizado: 25.05.2021, 15:37:56
Especialistas apontam que tecnologias como a Inteligência Artificial e Sistemas Autônomos estão entre as principais tendências (Divulgação / Fieb)
Estúdio Correio -

Conheça 10 tendências em tecnologia para a indústria

Transformação Digital, Manufatura Avançada e soluções em saúde são áreas essenciais

A Transformação Digital e a Manufatura Avançada atualmente são temas obrigatórios nos planejamentos estratégicos das empresas do setor industrial. Nesse sentido, especialistas apontam que tecnologias como a Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Sistemas Autônomos, Big Data e Analytics, Robótica e 5G estão entre as principais tendências para este segmento, rumo a chamada Quarta Revolução Industrial.

No contexto global atual, uma tendência clara é a rápida conversão do desenvolvimento tecnológico em produtos comercializáveis. A estruturação e gestão de sistemas complexos de manufatura, além do desenvolvimento de produtos e negócios inovadores são considerados fatores críticos de sucesso.

“Não podemos esquecer que, neste processo de transformação digital, a infraestrutura e a capacidade de processamento de dados é imprescindível. Portanto, a supercomputação e a computação quântica são temas de grande interesse para estudo e como provedores de soluções”, observa o gerente executivo de tecnologia e inovação do Senai Cimatec, Daniel Motta.

Destacam-se também as tecnologias associadas à eliminação da emissão de gás carbônico (CO2), processo também conhecido como ‘descarbonização’ da indústria. “Dessa forma é fundamental dominar as tecnologias, suas aplicações e questões referentes à regulação”, ressalta Daniel Motta.

Sobre o tema de energias renováveis, o especialista do Senai Cimatec chama a atenção para as energias Solar, Eólica, Bioenergia (biomassa) e Hidrogênio Verde.

Daniel Motta, gerente executivo de tecnologia e inovação do Senai Cimatec (Foto: Divulgação)

Indústria e saúde
Na avaliação de Motta, a pandemia da Covid-19 evidenciou uma série de necessidades e tendências de desenvolvimento nacional, como estratégia de País, na área de saúde. “É fundamental apoiar o complexo industrial e econômico da saúde no desenvolvimento de fármacos, medicamentos, equipamentos e materiais”, defende. Algumas das principais plataformas tecnológicas são: Vacinas e Adjuvantes, Medicamentos Biológicos, Fármacos, Terapia Celular e Gênica, Bioprospecção e Dispositivos Médicos.

Em meio à pandemia, o Senai Cimatec mobilizou seus pesquisadores e colaboradores em diversas iniciativas e ações efetivas. Um exemplo é o Instituto de Tecnologias de Saúde (ITS), que teve sua estrutura ampliada e foi transformado no Instituto Senai de Sistemas Avançados de Saúde (ISI-SAS), também chamado de Cimatec Saúde.

Mineração é tech
O setor da mineração na Bahia, que receberá R$ 70 bilhões até 2025, segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), investe alto em tecnologia para se tornar cada vez mais competitivo. A Lipari Mineração Ltda, instalada em Nordestina (cerca de 350 km de Salvador), adquiriu uma centrífuga alemã que permitiu a recuperação de mais de 97% da água utilizada no processamento do minério kimberlítico.

Nos últimos anos, a Xilolite S/A, de Brumado (cerca de 540 km da capital), adquiriu um forno Multiple Hearth Furnace (MHF) com o objetivo de consumir menos combustível e, assim, permitir a comercialização de óxido de magnésio com preço competitivo no mercado. Já a Yamana Gold, sediada em Jacobina (cerca de 340 km de Salvador), firmou uma parceria estratégica com o Senai Cimatec no sentido de desenvolver projetos de inovação tecnológica e melhoria de processos na atividade de extração mineral.

“A sustentabilidade é um dos pilares do nosso trabalho na mineração. Algo que está cada vez mais intrínseco ao nosso dia a dia, graças aos contínuos estudos e ao permanente desenvolvimento de novas tecnologias nesse sentido”, destaca o presidente do Sindimiba, Paulo Misk.

Outras ações nessa linha de empresas do setor podem ser conhecidas no “Sumário de Ações Sustentáveis da Mineração Baiana 2020”, publicação organizada pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM).

Veja dez tendências para a indústria em 2021 e nos próximos anos:
1) Inteligência Artificial;
2) Internet das Coisas;
3) Sistemas Autônomos;
4) Big Data e Analytics;
5) Robótica;
6) 5G;
7) Supercomputação e Computação Quântica;
8) Terapia Celular e Gênica;
9) Bioprospecção;
10) Dispositivos Médicos.

O Indústria Forte é uma realização do Correio, com o patrocínio da CF Refrigeração, Jotagê Engenharia, Unipar, Tronox, Bracell, o apoio da AJL Locadora, Wilson Sons, Sotero Ambiental, Larco, SINDIMIBA e o apoio institucional da FIEB e Prefeitura de Camaçari.


O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas