Conquista: clientes só vão poder entrar em lojas, bancos e ônibus de máscara

coronavírus
20.04.2020, 07:53:00
Atualizado: 20.04.2020, 08:04:15
(Divulgação)

Conquista: clientes só vão poder entrar em lojas, bancos e ônibus de máscara

Medida está prevista em decreto e vale a partir de quinta-feira (23)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A partir da próxima quinta-feira (23), todos os clientes só vão poder entrar em lojas, bancos e outros estabelecimentos comerciais de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, com máscara. A medida vale ainda para os usuários de ônibus, táxis e veículos de aplicativo e está prevista no Decreto 20.265, publicado no último domingo (19) no Diário Oficial do Município. O cumprimento do decreto é de responsabilidade dos comerciantes e dos motoristas. Quem, por exemplo, não estiver de máscara, será impedido de entrar nos ônibus.

Além disso, as óticas, por estarem relacionadas ao setor de saúde, vão poder abrir as portas. Os escritórios e demais locais de prestação de serviços individualizados, a exemplo de serviços contábeis e advocatícios, poderão funcionar neste período mediante agendamento prévio. O decreto mantém o funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais. O restante do comércio permanece sem atendimento ao público.

Foto: Reprodução

O prefeito Herzem Gusmão lembra à população que, se precisar sair de casa, o uso de máscaras e o distanciamento, de pelo menos 1 metro e meio entre as pessoas, são as melhores formas de proteção individual. Este momento requer muita responsabilidade das autoridades e o compromisso individual de cada cidadão na luta contra o coronavírus.

Em Vitória da Conquista, o número de casos notificados com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Novo Conoravírus chegou a 501, até às 17h de domingo (19). Os casos confirmados são 23, sendo que 18 deles evoluíram para a cura e 1 evoluiu para óbito.

De acordo com o Boletim epidemiológico divulgado no domingo (19) pela Secretaria Municipal de Saúde, do total de casos suspeitos notificados, 394 já foram descartados e 84 estão sendo investigados, dos quais: 24 aguardam resultado laboratorial e 60 aguardam coleta.

A análise das amostras, bem como a divulgação dos resultados são feitas pelo Lacen Estadual, em Salvador, que transmite as informações à Vigilância do município por meio do sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

Os bairros Centro, Brasil, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Candeias, Primavera e Lagoa das Flores, foram as localidades que registraram casos confirmados de pacientes com Covid-19.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Além disso, crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também como casos de Síndrome Gripal: febre de início súbito e sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal), caso também não tenha outro diagnóstico específico.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas