Consumo das classes C e D na Bahia teve um recuo de 2,4% em fevereiro

donaldson gomes
01.04.2022, 05:00:00

Consumo das classes C e D na Bahia teve um recuo de 2,4% em fevereiro

Retração
O consumo das classes C e D na Bahia teve um recuou em fevereiro de 2,4% em relação a janeiro. O percentual foi bastante próximo da média do país, de -3%, segundo os dados da Pesquisa de Hábitos de Consumo da Superdigital, fintech do Grupo Santander focada em inclusão econômica. Apesar do desempenho ruim no geral, houve altas em setores como o de Automóveis e Veículos (96%), seguido por Companhias Aéreas (27%), Diversão e Entretenimento (9%), Serviços (4%) e Lojas de Roupas (1%). Pesaram mais as os recuos nos gastos com Hotéis e Motéis (-15%), Rede Online (-11%), Drogaria/Farmácia (-8%), Prestadores de Serviços (-6%), Combustível (-6%) e Transporte (-4%).
 
Geral
Na pesquisa, todas as regiões do Brasil mostraram queda no consumo, com o Norte impactando mais no resultado (-12%). Nas demais regiões, o Centro-Oeste fechou com redução de 9,3% no consumo, seguido do Sul, com 5,8% de queda, Nordeste, com retração de 5,5% e Sudeste, que viu seu consumo recuar 2%. Luciana Godoy, CEO da Superdigital Brasil, afirma que o resultado foi impactado por ajustes que as famílias estão fazendo em seus orçamentos. “As classes C e D sentem mais os efeitos das grandes contas do início do ano, como IPTU, IPVA, material escolar e pagamento de compras parceladas feitas para as festas. Além disso, com o aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis, o orçamento mensal fica sobrecarregado”, afirma a executiva.

Eventos voltando
O diretor-geral do Centro de Convenções de Salvador, Ludovic Moullin, reúne a imprensa hoje às 10 horas para falar sobre as expectativas para a realização de eventos na cidade. Deve anunciar os 75 eventos que estão em negociação para acontecer até 2025k, que devem gerar uma movimentação econômica de US$ 42 milhões - o equivalente a R$ 200 milhões. E claro que a expectativa é que este número cresça cada vez mais, impulsionando cada vez mais o setor de eventos de Salvador, que estava órfão de um equipamento do tipo desde que o governo estadual deixou o antigo Centro de Convenções da Bahia desabar. 

Convite sustentável
A Ambev está convidando seus fornecedores para juntos zerarem as emissões de carbono na cadeia até 2040. Cerca de 160 parceiros já assinam a aliança inédita pelo clima e agora vão trabalhar juntos pela redução de emissões de gases de efeito estufa. No grupo estão os 16 maiores fornecedores, que representam 50% dos contratos. “Esse é um compromisso coletivo e colaborativo. Vamos apoiar todos os parceiros, incluindo aqueles que ainda não entraram na aliança e não amadureceram sua jornada de descarbonização”, garante Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de sustentabilidade e suprimentos. A empresa tem avançado em sua ambição de reduzir em 25% as emissões de carbono da cadeia de valor nos próximos dois anos e, até 2040, zerar emissões próprias e de terceiros. Para aderir ao movimento, as empresas parceiras podem encontrar mais informações no site: https://www.ambev.com.br/esg/acao-climatica

Sem fiador
O mercado de títulos de capitalização apresentou um crescimento de 10,9%, segundo dados da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap). Na Bahia, um dos resultados mais significativos foi o do Cap Fiador, produto da Brasilcap, empresa de capitalização da BB Seguros, que registrou evolução de 39% e faturamento de R$ 816,3 mil com a garantia locatícia, no lugar de um fiador tradicional. Em 2021, a empresa viabilizou, por meio deste produto, mais de 7 mil locações com o uso desta modalidade, uma alta de 43% em relação ao ano anterior.  

Waffles
Com mais de 50 lojas inauguradas desde o seu lançamento, em 2018, e mais de 100 unidades sendo comercializadas, a rede The Waffle King está presente em 22 estados brasileiros e quer alcançar todas as regiões do Brasil. Para marcar sua inserção na capital baiana, a unidade do Shopping Bela Vista demandou um investimento de R$ 400.000,00 e contratação de sete colaboradores. O plano de expansão conta com a abertura de mais duas unidades na Bahia, uma na cidade de Alagoinhas e outra em Luís Eduardo Magalhães. Além de contemplar uma indústria para fabricação própria dos insumos, os equipamentos também são próprios e só existem em três lugares no mundo: França, Bélgica e agora no Brasil, na The Waffle King.

União
O Grupo DASP está apostando em fusões e aquisições para se consolidar no marcado baiano. No portfólio atual está a reunião de cinco empresas em diferentes ramos de atuação. O Grupo, que mantém 40 empregos diretos e mais de 80 em ações pelo Nordeste, tem expectativa de crescer até 15% este ano, além de lançar um braço no mercado imobiliário.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas