Copa do Brasil: todas as campanhas do Vitória na competição

e.c. vitória
05.03.2020, 12:49:00
Atualizado: 06.03.2020, 00:05:24
Em 2010, Vitória chegou à final e a torcida fez o episódio conhecido como Barradão em Chamas (Marcio Costa e Silva / CORREIO)

Copa do Brasil: todas as campanhas do Vitória na competição

Veja lista desde 1989, quando a competição foi criada

O Vitória recebe o Lagarto às 19h15 desta quinta-feira (5), pela segunda fase da Copa do Brasil. Será a terceira vez na história da competição que o Leão enfrentará um time sergipano.

A estatística é favorável, já que o rubro-negro nunca foi eliminado por um clube do estado vizinho. O Vitória não ganhou nenhuma vez como visitante, mas venceu as duas no Barradão, palco do confronto em jogo único hoje. Em caso de empate, a vaga será decidida nos pênaltis. Quem avançar enfrentará o Ceará.

Os encontros anteriores aconteceram em 2005 e 2012, ambos na primeira fase, na época disputada em jogos de ida e volta.

Em 2005, o adversário foi o Confiança. O Vitória perdeu por 1x0 no Batistão, em Aracaju, e se recuperou com 3x0 no Barradão. Leandro Domingues, duas vezes, e Zé Roberto marcaram os gols.

O outro confronto com time de Sergipe ocorreu em 2012, contra o São Domingos. A partida de ida terminou empatada em 0x0, no estádio Presidente Médici, em Itabaiana. Em casa, o Leão venceu por 2x0, gols de Marquinhos e Arthur Maia (in memoriam).

Todas as campanhas do Vitória na Copa do Brasil:

Entre parênteses, a fase até onde o clube chegou

1989 (quartas de final)
Avaí 2x0 e 0x1
Vasco 0x0 e 2x1
Sport 1x0 e 0x2

1990 (1ª fase)
Taguatinga 0x1

1991 (quartas de final)
Atlhetico-PR 1x1 e 2x1
Sport 2x1 e 0x0
Remo 0x2 e 2x2

1992 (não disputou)

1993 (oitavas de final)
América-MG 1x0 e 2x1
Palmeiras 2x1 e 0x1

1994 (quartas de final)
Sorriso 4x0 e 1x1
Ariquemes 2x0 e 3x0
Grêmio 0x1 e 0x1

1995 (oitavas de final)
Democrata 2x3 e 2x0
Atlético-MG 2x3 e 1x1

1996 (1ª fase – a etapa anterior era chamada fase preliminar)
Maranhão 0x0 e 3x1
Paraná 0x0 e 0x1

1997 (quartas de final)
Botafogo 3x0
São Paulo 2x1 e 2x2
Grêmio 0x2 e 3x3

1998 (quartas de final)
Operário-MT 2x2 e 3x1
Flamengo 5x0 e 2x5
Cruzeiro 0x2 e 1x0

1999 (oitavas de final)
Flamengo-PI 1x0 e 5x2
América-MG 1x0 e 3x0
Palmeiras 2x2 e 2x3

2000 (2ª fase)
Pinheiros-RO 2x0
ABC 0x1 e 0x1

2001 (oitavas de final)
ASA 2x1 e 2x1
Rio Branco-AC 0x0 e 3x0
São Paulo 0x3 e 0x2

2002 (2ª fase)
Cene 0x0 e 6x0
Figueirense 1x3 e 3x3

2003 (quartas de final)
Tocantinópolis 2x1 e 0x1
Roraima 2x1 e 5x1
Palmeiras 7x2 e 1x3
Flamengo 1x2 e 1x3

2004 (semifinal)
CTE Colatina 2x1 e 4x0
Sampaio Corrêa 0x1 e 3x1
Internacional 1x1 e 3x1
Corinthians 0x1 e 2x0
Flamengo 0x1 e 0x2

2005 (2ª fase)
Confiança 0x1 e 3x0
Baraúnas 0x1 e 1x2

2006 (oitavas de final)
Imperatriz 1x1 e 5x2
Santa Cruz 2x2 e 3x2
Cruzeiro 2x1 e 0x4

2007 (2ª fase)
Baraúnas 1x1 e 1x1
Vitória perdeu nos pênaltis, mas avançou porque o Baraúnas escalou jogador irregular
Athletico-PR 4x1 e 0x3

2008 (2ª fase)
Sousa 4x1
Paraná 0x1 e 2x1

2009 (quartas de final)
ASA 1x1 e 1x1 – avançou nos pênaltis
Juventude 2x1 e 1x1
Atlético-MG 3x0 e 0x3 – avançou nos pênaltis
Vasco 0x4 e 1x1

2010 (final – vice-campeão)
Corinthians-AL 1x3 e 4x0
Náutico 1x0 e 5x0
Goiás 4x0 e 2x2
Vasco 2x0 e 1x3
Atlético-GO 0x1 e 4x0
Santos 0x2 e 2x1

2011 (1ª fase)
Botafogo-PB 1x3 e 0x0

2012 (quartas de final)
São Domingos 0x0 e 2x0
ABC 1x1 e 3x2
Botafogo 1x1 e 2x1
Coritiba 0x0 e 1x4

2013 (2ª fase)
Mixto 1x2 e 5x1
Salgueiro 0x0 e 1x1

2014 (1ª fase)
J. Malucelli 1x1 e 1x1 – perdeu nos pênaltis

2015 (2ª fase)
Anapolina 2x1 e 1x1
ASA 1x1 e 2x2

2016 (3ª fase)
Náutico-RR 3x2 e 3x1
Portuguesa 0x0 e 3x1
Cruzeiro 1x2 e 1x2

2017 (4ª fase)
Luziânia 2x0
Bragantino 3x2
Vasco 1x1 e 1x0
Paraná 0x0 e 0x0

2018 (oitavas de final)
Globo 2x0
Corumbaense 3x0
Bragantino 0x1 e 3x0
Internacional 1x2 e 1x0 – avançou nos pênaltis
Corinthians 0x0 e 1x3

2019 (1ª fase)
Moto Club 0x2

2020 (em andamento)
Imperatriz 0x0
Lagarto 3x1

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas