'Crença sem ação não resolve nada', diz Wagner Lopes antes de decisão contra o Vila Nova

e.c. vitória
26.11.2021, 19:00:00
Técnico Wagner Lopes comanda último treino do Leão antes da partida contra o Vila Nova neste sábado (27) (EC Vitória/Divulgação)

'Crença sem ação não resolve nada', diz Wagner Lopes antes de decisão contra o Vila Nova

Técnico do Vitória ressaltou importância do trabalho psicológico do elenco feito ao longo da semana

Em sua última conversa aberta à imprensa antes do jogo decisivo contra o Vila Nova, domingo (28), o técnico do Vitória, Wagner Lopes, falou sobre a preparação do elenco e o trabalho psicológico feito durante a semana com os jogadores para, quem sabe, evitar o rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro.

Lopes disse que acredita no time, principalmente pelo o que foi demonstrado nesta reta final da competição, e pensa em uma “resposta positiva” dos atletas diante do torcedor no Barradão.

“É importante a gente pontuar isso, não só para passar confiança, mas lembrar que toda motivação parte de dentro para fora, ela é intrínseca, você não pode depender de fator externo para se concentrar ou para desconcentrar. Então é importante que cada jogador faça o melhor para a gente pontuar”, afirmou o treinador.

Apesar da ponderação, a situação do Vitória nesta última rodada da Série B não permite deixar de considerar os fatores externos citados pelo técnico. Além de vencer o Vila Nova, o Leão precisa que o Londrina não vença o Vasco e que o Remo, obrigatoriamente, perca para o Confiança. Essa é a única forma de evitar a Série C. Os três times que brigam contra a queda jogam em casa, simultaneamente, a partir das 16h.


Durante os trabalhos feitos na semana, o técnico reforçou que a orientação dada ao grupo é de um jogo compacto, sem dar espaço para criação do Vila quando estiver sem a bola. “Relembramos os momentos mais importantes do jogo, o que fazer, como fazer e quando fazer. (..) Desde a fase defensiva, transição e organização ofensiva, bola parada, e qual o tipo de reação que a gente quer quando recuperar e perder a bola. Crença sem ação não resolve nada”, afirmou o técnico.

Com exceção do volante João Pedro, que foi expulso na derrota para o CRB, em Maceió, Wagner Lopes tem à disposição os demais titulares. Cedric aparece como substituto mais provável, mas tem a concorrência de Marco Antônio.

Outro ingrediente na decisão de domingo é o apoio do torcedor, que abraçou o time nesta reta final. O Vitória manteve a promoção nos ingressos, com entradas a partir de R$ 10 (meia-entrada). “A torcida é muito importante nesse momento, mesmo com todo o sofrimento, mesmo com tudo que se ouve fora, é importante a energia positiva. A gente conta com o apoio, o Vitória só existe por causa da nossa torcida. É claro que a gente não queria estar nessa situação e o nosso torcedor está sofrendo, a gente sabe disso, mas no dia a dia a gente procura fazer o nosso melhor para preparar a equipe da melhor maneira possível. Espero que o nosso torcedor compareça e ajude a sair dessa situação”, declarou Wagner Lopes.

Vitória fez penúltimo treino nesta sexta-feira (Foto: EC Vitória/Divulgação)

Futuro no comando

Ainda na entrevista coletiva, o técnico foi perguntado sobre sua permanência no clube em 2022, mesmo no caso do possível rebaixamento. Sem dar detalhes, Lopes afirmou que a definição só acontecerá depois da última rodada e que não participou de reuniões com a diretoria para tratar do assunto.

“Nossa diretoria está muito presente, são os primeiros a chegar e os últimos a irem embora aqui do do CT. Então, todo o planejamento está sendo feito, a gente tem muito trabalho. É claro que nessas reuniões eu não participo, são só os diretores, mas está tudo sendo colocado na mesa e depois de domingo aí sim vamos sentar e conversar”, finalizou o treinador.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas