Cria do Vitória, Elkeson está próximo de se naturalizar chinês

bate-pronto
19.08.2019, 05:25:00
Atualizado: 19.08.2019, 11:47:53

Cria do Vitória, Elkeson está próximo de se naturalizar chinês


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Revelado nas categorias de base do Vitória, o meia-atacante Elkeson está nos trâmites finais para conseguir a cidadania chinesa e defender a seleção da China ainda neste ano ainda neste ano nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. É a primeira vez na história que a seleção asiática se abre para estrangeiros. Além de Elkeson, outros quatro brasileiros estão no mesmo processo: Ricardo Goulart, Alan, Aloísio e Fernandinho.

Feijão no futebol do Kuwait

Cria das divisões do base do Bahia,  Feijão vai jogar no futebol do Kuwait. Em sua conta pessoal no Instagram, o volante de 25 anos comemorou o acerto com o Kazma SC, equipe que ficou na quarta colocação da Primeira Liga Kuwaitiana da última temporada. A competição tem 10 clubes e dá apenas ao campeão uma vaga na Liga dos Campeões asiática. Tetracampeão nacional em seu país, o Kazma está em jejum de títulos desde a temporada 1995/1996. O atacante Bruno Paulo, ex-Bahia, também foi contratado pelo clube. Neste ano, Feijão defendeu o São Bento, equipe que disputa a Série B, e foi dispensado em julho. Assim, passou a manter a forma no Fazendão. Além de Bahia e São Bento, Feijão tem passagens por Flamengo, CRB e Atlético Goianiense.

Zagueiro campeão brasileiro em 1959 é homenageado pelo Bahia

Campeão brasileiro em 1959, o ex-zagueiro Henricão recebeu do Conselho Deliberativo do Bahia o Diploma do Mérito Esportivo 2019. A honraria, concedida também ao ex-atacante Marcelo Ramos, ídolo do clube, é oferecida em homenagem aos relevantes serviços prestados ao tricolor no âmbito esportivo e foi entregue em cerimônia realizada sábado (17), na Fonte Nova. Henricão mora no Rio e foi representado pelo filho Luiz Henrique.

Jogadores do Jacuipense na Toca do Leão

O zagueiro Railon e o lateral-esquerdo Caíque, ambos de 25 anos, estão sendo observados na Toca do Leão. Eles são jogadores do Jacuipense, se destacaram durante a campanha de acesso à Série C do Campeonato Brasileiro e estão sendo avaliados no centro de treinamento rubro-negro desde a terça-feira da semana passada. Caso sejam aprovados, o Vitória fará uma proposta ao Jacuipense e eles irão compor o elenco principal.

Seminário inédito de jiu-jitsu

Será realizado, pela primeira vez em Salvador, um seminário de jiu-jitsu com o mestre Sylvio Behring, faixa vermelha e preta e referência em defesa pessoal e policial. O objetivo é aprimorar o nível técnico da luta. O evento acontece no dia 7 de setembro, às 9h, na escola Art Temple, em Stella Maris.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas