Criança de 11 anos morre vítima de bala perdida em Sussuarana  

salvador
16.03.2020, 10:21:00
Atualizado: 16.03.2020, 12:11:52

Criança de 11 anos morre vítima de bala perdida em Sussuarana  

Polícia diz que houve confronto entre traficantes no local 

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma criança de 11 anos morreu após ser atingida na cabeça por uma bala perdida enquanto dormia, no bairro de Sussuarana Velha, em Salvador. O caso aconteceu na Rua Santíssima Trindade, por volta das 23h da noite de domingo (15). A menina ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Geral Roberto Santos, mas não resistiu ao ferimento.

Segundo a Polícia Militar, equipes da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) foram acionadas para escoltar o carro de um homem que prestava socorro à criança. Até o momento nenhum suspeito foi localizado.

Ainda de acordo com a PM, a menina foi atingida durante um confronto entre facções criminosas no bairro. Ela estava em sua casa dormindo quando foi alvejada. Conduzida ao Hospital, foi constatado o óbito por perda de massa cefálica e consequentes paradas cardíacas.

À polícia, a mãe da vítima, Edileia Dorea Oliveira, relatou que estava em seu quarto dormindo e ouviu disparos de arma de fogo na rua, quando ouviu o grito de sua filha, momento que correu para o quarto e a viu caída ao solo. 

A Polícia Civil investigará o crime, através da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/ Central), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas