Cuidado com o ar: poluição pode prejudicar também seu coração

bazar
24.09.2018, 17:29:00
Atualizado: 24.09.2018, 19:36:44
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Cuidado com o ar: poluição pode prejudicar também seu coração

Pesquisa aponta que alteração, junto com outros fatores, pode levar à insuficiência cardíaca

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se você acha que é só o pulmão que é prejudicado com a poluição, saiba que o problema é maior do que pensa. De acordo com pesquisadores da Queen Mary University de Londres, os impactos causados não estão limitados ao sistema respiratório - mas podem atacar também o cardiovascular.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração e pets:

Os estudiosos contastaram que a exposição do organismo ao dióxido de nitrogênio e a outras partículas poluentes é responsável por um aumento dos ventrículos esquerdo e direito.

Localizados na parte inferior do coração, as estruturas são responsáveis por bombear o sangue para a aorta (ventrículo esquerdo) e para a artéria pulmonar (ventrículo direito). 

O resultado veio após uma análise com 4 mil voluntários britânicos - todos com idades entre 40 e 69 anos e que não tinham histórico de doenças cardiovasculares. Aqueles que estavam expostos a níveis mais elevados de partículas poluentes tinham ventrículos com maior volume se comparados às pessoas que moravam em regiões não tão poluídas.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, tecnologia, bem-estar, pets, decoração e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Segundo o doutor Nay Aung, que liderou a pesquisa, as mudanças são pequenas, mas não devem ser descartadas. Combinadas com fatores como características genéticas, hábitos alimentares e estresse, o aumento poderia levar a um quadro de insuficiência cardíaca.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas