De olho em premiações, Vitória terá sequência de seis jogos em 20 dias

e.c. vitória
26.03.2021, 05:00:00
Atualizado: 26.03.2021, 12:58:19
Volante Gabriel Bispo domina a bola no treino do rubro-negro; time está entre os 4 no Nordestão (Foto: Letícia Martins/EC Vitória)

De olho em premiações, Vitória terá sequência de seis jogos em 20 dias

Leão pode ganhar mais R$ 2 milhões se avançar na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória terá uma sequência decisiva pela frente. Nos próximos 20 dias, serão seis jogos, com duas possíveis classificações: para a terceira fase da Copa do Brasil e para as quartas de final do Nordestão. No meio desse calendário apertado, há ainda duas rodadas do Campeonato Baiano.

Avançar nos torneios nacional e regional é imprescindível para o Leão, que vive problemas financeiros há um bom tempo. No início deste mês, inclusive, o quadro médico do clube foi praticamente todo desligado e um novo formato no departamento foi adotado, com um profissional fixo apenas e outros contratados para os sábados e viagens. 

Em áudio enviado via WhatsApp à época, o presidente Paulo Carneiro confirmou que a decisão foi tomada para diminuir a folha salarial. “Nossa luta para reduzir custos no clube é diária. E nem sempre a gente agrada a todos os interesses. (...) Vamos continuar tomando todas as medidas que forem necessárias para que o Vitória encontre seu equilíbrio financeiro, já que vivemos uma grave crise de receitas e temos que reduzir despesas”, disse o mandatário na ocasião.

Em meio à essa luta, um dos próximos objetivos da equipe é a Copa do Brasil, uma competição bem conhecida por suas premiações. Na segunda fase, o Vitória terá pela frente o Rio Branco, do Espírito Santo, que eliminou o Sampaio Corrêa por 2x1. 

A data ainda será confirmada pela CBF, que reservou os dias 7 e 14 de abril para a etapa. De acordo com o sorteio da competição, o Leão será o mandante do duelo, que acontecerá mais uma vez em jogo único. Em caso de empate, a classificação vai ser decidida nos pênaltis. 

Até aqui, o rubro-negro já garantiu R$ 560 mil por ter enfrentado o Águia Negra na primeira fase. Como avançou, ganha mais R$ 675 mil, totalizando uma receita total de R$ 1,235 milhão no torneio até o momento. 

Mas o que já é bom pode ficar ainda melhor. Se bater o Rio Branco na terceira fase, o Vitória terá direito a receber mais R$ 1,7 milhão, o que leva o montante da arrecadação para quase R$ 3 milhões.

Nordestão
Além da Copa do Brasil, há mais dinheiro em jogo para o Vitória nos próximos dias, pela Copa do Nordeste. Por ser um dos participantes entre os melhores colocados do ranking da CBF, o Leão já tem direito a R$ 1,9 milhão. Se chegar às quartas de final, garante mais R$ 300 mil.

A equipe do técnico Rodrigo Chagas atualmente ocupa o 4º lugar do Grupo B, com oito pontos. A pontuação é a mesma do ABC e do Fortaleza, 2º e 3º colocados, respectivamente, mas os rivais aparecem na frente por terem melhor saldo de gols. O líder, com nove pontos, é o CSA. 

Para se classificar, o rubro-negro tem que terminar a fase de grupos, no máximo, na 4ª posição. Terá mais três jogos pela frente, a começar pela partida contra o Confiança, neste sábado (27), às 16h, no estádio Paulo Barreto, em Lagarto, Sergipe. 

Em seguida, recebe o Treze no Barradão, no dia 4 de abril, às 18h. E fecha a etapa contra o 4 de Julho, fora de casa, em duelo marcado para o dia 10, às 16h. 

Além dos três confrontos pela Copa do Nordeste e da partida pela segunda fase da Copa do Brasil, o Vitória tem mais dois compromissos agendados para os próximos 20 dias, pelo Campeonato Baiano. Na próxima quarta-feira (31), às 19h30, contra o Bahia de Feira, na Arena Cajueiro; e no dia 14 de abril, às 19h30, diante do Doce Mel, no Barradão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas