Disputa de facções em Valéria deixa dois baleados

salvador
19.08.2021, 12:03:00
(Haeckel Dias/Polícia Civil)

Disputa de facções em Valéria deixa dois baleados

Vítimas estão internadas no Hospital do Subúrbio

A guerra do tráfico no bairro de Valéria deixou duas pessoas baleadas nessa quarta-feira (18). As vítimas foram identificadas como Ytalo de Jesus dos Santos, 25 anos, e Alenilson Medeiros de Souza, 32 anos. Os dois foram levados para o Hospital do Subúrbio, onde permanecem internados.

O primeiro baleado foi Ytalo, que estava indo trabalhar quando foi atingido. Segundo a polícia, ele caminhava na Rua das Palmeiras quando começou o tiroteio. Ytalo chegou a correr, mas acabou sendo atingido na perna. O tiroteio foi uma disputa entre as facções Katiara e BDM.

O ajudante de mecânico foi socorrido para a UPA de Valéria e depois encaminhado para o Hospital do Subúrbio. Segundo familiares, Ytalo vai passar por uma cirurgia, mas está fora de perigo. 

O segundo baleado foi Alenilson Medeiros de Souza, 32 anos. Ele foi alvejado no final da tarde de quarta e levado para Hospital do Subúrbio. Não há mais detalhes sobre as circunstâncias do crime. Alenilson está em estado grave.

Ocupação
A Polícia Militar informou nesta quarta-feira (18) que iniciou uma operação especial no bairro de Valéria e adjacências, sem previsão de fim. A região vive momentos de tensão com vários tiroteios sendo registrados em meio a uma disputa entre facções criminosas. 

Em nota, a PM diz que a determinação partiu do comandante geral, coronel Paulo Coutinho. A operação vai reforçar o policiamento em toda região, com presença da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do Batalhão de Choque, da Operação Gêmeos, do Grupamento Aéreo (Graer), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), dos Pelotões de Emprego Tático Operacional (Peto) do Comando de Policiamento Regional da Capital (CPRC) – Baía de Todos os Santos (BTS), além das guarnições da 31ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que faz a segurança na área.

Não há previsão para retirada da tropa, que ficará sob coordenação do coronel Paulo Guerra, comandante da CPRC-BTS. O objetivo é "manter a ordem pública e tranquilizar a comunidade local". diz a PM.

Contenção Valéria
Durante a Operação Contenção Valéria, deflagrada nesta quinta, a polícia prendeu um suspeito de uma tentativa de latrocínio, ocorrida no início de julho deste ano,  na região conhecida como Zona Expansão, em Sergipe.

Segundo a polícia, o homem, investigado pela polícia civil sergipana teve o mandado de prisão preventiva cumprido em uma empresa de construção civil, naquela região. Durante a operação, mandados de busca e apreensão foram cumpridos, com a coleta de informações sobre suspeitos de envolvimento com grupos criminosos. 

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e da Coordenação de Operações Especiais (COE) apoiaram policiais, Delegacia de Repressão a Roubo e Furto (Derof), da Polícia Civil sergipana, durante a Operação Contenção Valéria. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas