Dj Ivis: rádios tiram músicas da programação e artistas cancelam parcerias

em alta
13.07.2021, 16:30:00
(Foto: Reprodução)

Dj Ivis: rádios tiram músicas da programação e artistas cancelam parcerias

Emissoras e artistas anunciaram medidas após a divulgação de vídeos em que DJ agride a ex-mulher

Rádios pelo Ceará anunciaram a retirada da programação das músicas produzidas ou gravadas por DJ Ivis. A decisão acontece após a divulgação de vídeos em que o artista aparece agredindo a ex-mulher, Pamella Holanda. A vítima publicou os vídeos no domingo, 11, e o artista perdeu parcerias musicais, mas teve um aumento de seguidores em suas redes sociais. 

Diversas personalidades musicais repudiaram o caso e pediram justiça no caso das agressões do DJ. Solange Almeida, Taty Girl, Pocah e Xand Avião foram alguns que falaram publicamente sobre a denuncia da influenciadora digital. Xand anunciou também que DJ Ivis foi desligado de sua empresa: "Nada justifica violência", disse ele em vídeo.

Leia também: Famosos repudiam agressões de DJ Ivis à ex-mulher; veja as reações

O cantor Latino afirmou que cancelou um projeto que deveria ainda ser lançado juntamente com o DJ. "Já tínhamos todo o planejamento de lançamento determinado, já tínhamos gravado o clipe inclusive com a presença dele", escreveu ele. O cantor ressaltou que os prejuízos financeiros seriam grandes, mas " infinitamente menor do que o dessa moça tão nova ". "Estamos absorvendo todo o prejuízo de ter gravado essa música e clipe com a presença dele. [...]Vamos refazer todo o trabalho, clipe e tudo mais com alguém que de fato mereça o nosso respeito!", pontuou ainda.

Já Zé Felipe, tem a música Galega com DJ Ivis, ocultou o videoclipe no seu canal no YouTube. O cantor disse que está considerando regravar a canção sem o DJ. "Vamos ver o que a gente vai fazer… Se vamos fazer uma versão nova da Galega ou vamos lançar outra música", disse ele.

Rádios tiram DJ do ar
O Grupo Cidade de Comunicação  também se pronunciou sobre o caso e informou que os hits do artista da programação musical de suas rádios foram retirados. "Somos contra a qualquer tipo de violência e a favor da punição em respeito a integridade de todas as mulheres que sofrem lesão corporal no âmbito de violência doméstica. Denuncie 180!", escreveu em uma nota de repúdio.

A FM93, do Sistema Verdes Mares de Comunicação, publicou por meio de nota ser contra todo tipo de violência contra a mulher e afirmou não compactuar com esse tipo de comportamento. "Desta forma, em virtude da agressão cometida pelo DJ Ivis contra a esposa Pamella Holanda, nós não iremos mais reproduzir nenhuma música dele em nossa programação", escreveu nas redes sociais.

Já Sistema Sinal de Comunicação manifestou o seu repúdio e anunciou que retirou todas as músicas do DJ da da programação musical da Rádio Sinal. "Ocorre que não se justifica a violência e a Sinal, em hipótese alguma, compactuará com esse tipo de atitude[...]Estamos atentos à expressões e atitudes desta natureza e não toleraremos em nenhuma hipótese tais práticas", escreveu a rádio com atuação em Aracati, a 150 km de Fortaleza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas