Duas pessoas morrem em batida entre carro e moto em Pirajá; mulher tem estado grave

salvador
07.05.2017, 19:00:00

Duas pessoas morrem em batida entre carro e moto em Pirajá; mulher tem estado grave

Motorista de carro estava na porta de casa quando atingiu motocicleta de frente em Pirajá

Duas pessoas morreram por volta das 15h30 deste domingo (7) em um acidente envolvendo um Fiat Strada e uma moto na Estrada de Pirajá, Conjunto Pirajá, em Salvador. As duas vítimas fatais foram Gilvan da Silva Saraiva, 45 anos, que dirigia o carro, e Sérgio da Silva, 40, que pilotava a moto. O acidente aconteceu quase em frente à casa onde Gilvan morava e também onde tinha um lava-jato.

Segundo a Transalvador, tudo indica que o acidente aconteceu quando Gilvan fez uma curva muito aberta para entrar na rua. Ele acabou batendo de frente com a moto ocupada por Sérgio, que era cabeleireiro, e pela esposa dele, Patrícia do Carmo. O veículo arrastou a moto ocupada pelo casal e só parou quando bateu num muro, na contramão.

Gilvan e Sérgio morreram na hora, enquanto Patrícia foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE), em estado grave. A moto ficou completamente destruída. O casal tinha um apartamento próximo ao local do acidente e estava indo mostrar o imóvel para um possível comprador quando, aconteceu o acidente.

Segundo um agente de Transalvador, que morou no local por mais de 30 anos, acidentes são recorrentes no local por conta de imprudência e por falta de sinalização.

Familiares de Gilvan não quiserem falar com a reportagem, mas um vizinho disse que ele "era um bom menino, pai de família" e que "ajudava a mãe, trabalhava diretinho". Já o irmão de Sérgio, o também cabeleireiro Marcelo Silva, 29, disse que estava se preparando para assistir à partida entre Bahia e Vitória pela final do Campeonato Baiano quando recebeu a notícia.

"Ele era praticamente o meu pai, cuidou de todos os irmãos. Era cabeleireiro, não fumava. Não dá pra acreditar", disse Marcelo. Sérgio era um de 11 filhos, mas a família já tinha perdido outra irmã.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas