Elenco inchado e apostas pouco produtivas: o que Fabiano Soares encontrou no Vitória

e.c. vitória
27.04.2022, 17:42:00
Fabiano Soares tem o desafio de conduzir o Vitória à Série B do Brasileiro (Victor Ferreira/EC Vitória)

Elenco inchado e apostas pouco produtivas: o que Fabiano Soares encontrou no Vitória

Desafio do novo treinador é tirar o time do Z4 da Série C e conduzi-lo ao acesso

Um elenco em plena reformulação. Foi o que o novo técnico do Vitória, Fabiano Soares, encontrou na Toca do Leão. Alguns jogadores já deixaram o clube, a exemplo do zagueiro Alisson Cassiano e do meia Jadson, e outros tomarão o mesmo caminho em breve.

Rescisões serão acertadas e empréstimos negociados com o objetivo de diminuir a quantidade de atletas e proporcionar maior qualidade nos treinamentos, garantiu o executivo de futebol, Rodrigo Pastana, contratado esta semana. No jargão popular, o plantel está inchado. São 39 atletas, mais de três times. 

Na contramão, reforços ainda chegam para compor o grupo, caso do lateral esquerdo Sanchez, que acabou de ser regularizado e deve estrear com a camisa vermelha e preta contra o Manaus, sábado (30), às 19h, no Barradão, na 4ª rodada da Série C do Brasileiro.

Após três derrotas, para Remo, Floresta e Ypiranga-RS, o Vitória amarga a zona de rebaixamento, na 18ª posição. É o pior início do Leão na história de todas as edições do Brasileiro, desde 1972, quando debutou no torneio nacional. 

Rodrigo Pastana e Fabiano Soares precisão ajustar time e elenco com brevidade para que o Z4 deixe de ser uma realidade e a luta pelo acesso à Série B se apresente como viável.

Após as 19 rodadas da primeira fase da Série C, os oito melhor colocados avançam e seguem na disputa. Os quatro piores são rebaixados à Série D. Todos os setores do time precisam de ajustes. Confira a situação de cada posição a seguir.  

GOLEIRO

O protetor das traves rubro-negras é Lucas Arcanjo. O prata da casa de 23 anos foi um dos principais destaques do time na Série B do Brasileiro do ano passado, segue dando conta do recado, mas já não demonstra a mesma confiança de outrora. Outros dois jogadores revelados na Toca são as opções no banco: Yuri, 21 anos, e Cabral, 20. A diretoria tenta a contratação de um goleiro experiente para reforçar a equipe no restante da Série C, após as negociações com Saulo, hoje na Chapecoense, e Simão, do Operário-PR, não se concretizarem.

LATERAL DIREITO

Três jogadores foram contratados nesta temporada. Alemão e Yuri se alternaram na titularidade nos primeiros meses do ano, mas nenhum se firmou de verdade ainda na posição. Contratado para a Série C, Daniel Bolt assumiu o posto nas duas últimas partidas, mas ainda não se destacou. 

ZAGUEIRO

Após a saída de Alisson Cassiano, dois zagueiros assumiram o protagonismo na defesa rubro-negra, O prata da casa Mateus Mores e Ewerton Páscoa. O primeiro fez uma boa temporada em 2021 até lesionar o ombro, mas ainda não mostrou a mesma confiança este ano e, com um edema na coxa esquerda, é dúvida para o jogo contra o Manaus. Atual capitão, Páscoa lesionou a coxa direita na rodada passada e está vetado. Contratado para a Série C, Rafael Ribeiro é o substituto imediato. Revelado na Toca, Carlos segue sendo uma promessa e ainda não teve chance. E o colombiano Hector Urrego, que veio do Jaguares de Córdoba-COL, ainda não está regularizado.

LATERAL ESQUERDO

É uma das posições mais carentes do time. Jogador mais regular no começo do ano, Vicente tinha se firmado como titular, mas se lesionou e não irá se recuperar a tempo para defender o Vitória na Série C. Contratado junto com ele, Salomão não agradou, voltou a ter chance nas duas primeiras rodadas do torneio nacional, mas decepcionou outra vez e sequer foi relacionado para os últimos dois jogos disputados. Contratado após a lesão de Vicente, Guilherme Lazaroni se lesionou ao chegar e só estreou no sábado passado, quando marcou o gol da derrota por 2x1 diante do Ypiranga-RS e foi expulso depois. Suspenso, ele vai dar brecha para o mais recente reforço da Toca, Sanchez, que já está regularizado e deverá estrear contra o Manaus.   

VOLANTE

João Pedro foi soberano como protetor da zaga rubro-negra até o jogo passado, quando Léo Gomes assumiu o posto diante do Ypiranga-RS. Os dois são os principais nomes entre os volantes do elenco para fazer a função de primeiro homem de meio-campo. Pablo praticamente não foi aproveitado. O meia Eduardo, prata da casa, se firmou como segundo homem de meio-campo. Alan Santos é o substituto imediato, mas foi pouco usado até aqui.  

MEIA

Após quatro meses, o Vitória ainda busca um camisa 10 pra chamar de seu na temporada. Principal contratação do ano, Jadson chegou à Toca do Leão para assumir esse posto. Depois de disputar 12 jogos, rescindiu o contrato e se despediu sem deixar saudades. Aos 38 anos, ele marcou apenas dois gols, ambos de pênalti. Campeões baianos com o Atlético de Alagoinhas, Miller e Dionísio prometem ser boas opções para a meiuca rubro-negra. Prata da casa, Gabriel Santiago está recuperado de lesão e é alternativa também.  

ATACANTE

O Vitória tem muitas opções de atacantes de beirada e centroavantes, mas nenhum deles conseguiu se transformar no homem gol do time até aqui. A pontaria dos homens de frente é um dos problemas mais urgentes a serem resolvidos por Fabiano Soares. Guilherme Queiroz desperdiçou inúmeras oportunidades quando foi dono da 9. Experientes e com status de ídolos, Dinei e Santiago Tréllez ainda não mostraram o mesmo poder de finalização de outrora. Jeferson Renan, Luidy, Roberto... A rotatividade é alta no ataque rubro-negro. Recentemente, o prata da casa Alisson Santos ganhou o posto de titular. Thiaguinho, contratado junto ao Atlético de Alagoinhas, esteve machucado e ainda não estreou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas