Em áudio vazado, Latino diz que foi humilhado por Anitta: 'Decepção'

em alta
16.06.2020, 08:34:14
Atualizado: 16.06.2020, 08:42:03
(Foto: Divulgação)

Em áudio vazado, Latino diz que foi humilhado por Anitta: 'Decepção'

Cantor é mais um na lista de ex-amigos que querem expor supostos podres da cantora

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de Leo Dias e Ludmilla, agora foi a vez de Latino desabafar sobre a postura de Anitta com as pessoas. Em um áudio vazado na noite desta segunda-feira (15), o cantor relembrou um encontro onde ele disse ter sido humilhado pela artista.

De acordo com a voz de “Festa no Apê”, o caso aconteceu durante um evento, quando ele teve a oportunidade de conhecer alguns produtores estrangeiros. “Eu estava desenrolando no inglês, mas não estava falando da minha carreira, nem quem eu era. Nada disso. Eu estava simplesmente dando uma atenção para os caras. Aí ela chega, daquele jeito dela de querer roubar a cena, toda espalhafatosa”, começou a explicação.

“Ela começou a falar, deixei ela falar, não falou comigo, fiquei quieto. ‘Oi, oi’, deu um oi assim bem frio, sabe? Eu estava no bar, no canto direito, ela não viu que eu estava falando inglês com o cara, não sabia que eu falava tão bem inglês, que eu tenho essa desenvoltura”, relembrou.

Os amigos de Anitta quiseram conhecer melhor quem Latino era, e perguntaram para a artista “quem era o cara simpático” que estava ali. “Aí a Anitta olhou e falou: ‘ah, ele é old school. Ele já fez muito sucesso lá atrás, mas hoje está falido, está quebrado.’ Aí eu tava ouvindo… juro, eu fiquei passado. Fiquei na mesma hora pensando: ‘desmoralizo ela ou fico calado e vou embora?’. Como eu estava na casa dela…”, disse o cantor, antes do áudio vazado ser interrompido.

Em outro trecho, ele concluiu: “Cheguei em casa fiquei no quarto chorando pensando por que o ser humano é capaz de fazer isso, o que faz o ser humano querer desmerecer o outro para crescer e se sentir superior. Essa coisa dela de desmerecer o outro para se sentir poderosa é tão feio. A partir disso nunca mais quis ideia com ela. Se tiver do meu lado eu saio e vou para outro canto. isso foi uma das maiores decepções do mundo artístico pra mim”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas