Em busca do primeiro triunfo em casa, Bahia recebe o Sport

e.c. bahia
20.03.2021, 05:00:00
Patrick é o único garantido no meio-campo do Bahia que enfrenta o Sport, em Pituaçu (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em busca do primeiro triunfo em casa, Bahia recebe o Sport

Clássico nordestino será disputado às 16h, no estádio de Pituaçu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A sequência de clássicos que o Bahia vem encarando na temporada 2021 vai ser encerrada neste sábado (20). Depois de disputar dois jogos contra o Vitória, é a vez de enfrentar o Sport, às 16h, no estádio de Pituaçu, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste. 

A partida coloca frente a frente dois times que buscam recuperação no torneio. Pelo lado tricolor, a derrota no Ba-Vi por 1x0 ainda causa reflexos. O principal motivo foi a postura apresentada diante do Vitória. Por isso, o técnico Dado Cavalcanti entende que o comportamento dos atletas em campo precisa mudar e projeta um Esquadrão mais agressivo diante dos pernambucanos.
 
“Já adiantei a condição de mudar a estratégia. Acho que nosso comportamento deve ser bem melhor. A nossa equipe entendeu muito negativamente a forma que nós concluímos, finalizamos o jogo, a forma que abordamos a partida. Entendo que a gente vai buscar ser um pouco mais agressivo”, analisou Dado.

Vencer o Sport se faz necessário para que o Bahia não se complique na competição regional. O Esquadrão soma apenas quatro pontos e inicia a rodada na quinta colocação do Grupo A, fora da zona de classificação para as quartas de final. Além disso, ainda não ganhou jogando em casa na temporada, seja com o time de transição ou o principal.
  
Do outro lado, o Bahia vai encarar um time que vive momento ainda pior. Até aqui, o Sport tem acumulado insucessos. Além de ter sido eliminado na Copa do Brasil para a Juazeirense, o Leão ainda não venceu no Nordestão. 

O time de Jair Ventura somou só dois pontos no torneio. Foram dois empates e uma derrota que colocam o Sport como lanterna do Grupo B. 

Vai mudar

Projetando um Bahia diferente, Dado Cavalcanti será forçado a fazer pelo menos uma mudança. Expulso contra o Vitória quando já estava no banco de reservas, o atacante Rossi está fora do duelo. As únicas opções para o setor são Alesson e Thiago. 

Segundo Dado, entre os dois atacantes, o garoto da base é quem mais se aproxima das características de Rossi. “Se forçar um pouquinho, talvez o Thiago se assemelhe um pouco. Porém, o lado preferencial dos atletas é bem distinto. Rossi é especialista pelo lado direito, consegue achar os melhores espaços naquela região. Thiago é um pouco mais versátil. Porém, o lado preferido dele é o esquerdo. E, no nosso elenco, nós temos essa carência de um atacante que faça a função pelo lado direito”, considera o treinador.

Outra opção é avançar Rodriguinho para o ataque. Nesse caso, Dado reforçaria o meio-campo. Ramon, Edson e Daniel disputam a posição, com mais chance para o meia. Destaque na equipe de transição, o volante Raniele foi relacionado para o confronto e vai ficar como opção no banco.

O time provável tem: Douglas, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Matheus Bahia; Patrick, Ramon e Daniel; Gabriel Novaes, Gilberto e Rodriguinho. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas