Em Salvador, ex-The Voice dá a luz a quadrigêmeos em gravidez natural

salvador
24.02.2022, 10:39:00
(Foto: Arquivo Pessoal)

Em Salvador, ex-The Voice dá a luz a quadrigêmeos em gravidez natural

'Somos abençoados', diz pai das crianças

Mil fraldas por mês. Escola, alimentação, roupas, brinquedos e, principalmente, amor multiplicado por quatro. É isso que a cantora ex-The Voice Lia Gondin e seu marido Fernando Rosa vão experimentar para o resto da vida após serem pais de quadrigêmeos.

João Rafael, Pedro Hugo, Ananda e Valentina nasceram às 18h07 desta quarta-feira (23) na maternidade do hospital Aliança, em Salvador. O quarteto foi fruto de uma gravidez natural — sem recorrer à inseminação artificial — transformando esse parto em um caso raro.

"Quando soubemos pela primeira vez que seriam quadrigêmeos foi um susto muito grande", conta Fernando Rosa. "Mas isso durou só dois dias. Depois percebemos o quanto somos abençoados. Tanta gente tenta ter filho e não consegue e nós ganhamos quatro de uma vez."

Os quadrigêmeos serão os primeiros filhos do casal, que está junto há 21 anos. Fernando e Lia sempre optaram por não serem pais por conta da rotina deles — ambos passam muito tempo viajando, pois, ela é cantora e ele trabalha na produção de Cláudia Leitte.

Com a pandemia, no entanto, os dois tiveram um longo período em casa e decidiram aproveitar o espaço para realizarem esse sonho. Foi um ano tentando até que Lia finalmente engravidasse.

"Chegamos a pensar haver algum tipo de problema. No entanto, fizemos todos os exames e os médicos falaram que estava tudo bem. Então seguimos tentando", lembra o papai.

Foto: Acervo Pessoal

Descoberta dos quadrigêmeos
Em um primeiro momento, quando Lia descobriu estar grávida, foi comemoração. Pouco tempo depois, ela se consultou com a ginecologista que, no ultrassom, viu haver a possibilidade de serem gêmeos — dois, apenas. Mais comemoração.

O quarteto só foi descoberto quando Lia foi examinada em um aparelho mais avançado. "Logo no primeiro dia ouvimos os corações de nossos quatro filhos", lembra Fernando.

Os gêmeos são quadrivitelinos. Ou seja: não são idênticos e cada um se formou em um óvulo diferente gerado naturalmente por Lia. "E eu, bom de mira, acertei os quatro", brinca o pai das crianças.

Os quatro bebês nasceram saudáveis e passam bem. Agora Fernando planeja o futuro com a prole. "Felizmente temos uma rede de apoio muito grande. Quatro avós, nossos irmãos e oito padrinhos para ajudar na criação. Estamos muito felizes", comemora, Fernando.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas