Em situação delicada na Série B, Vitória encara o Avaí fora de casa

e.c. vitória
05.11.2021, 05:00:00
Volante João Pedro puxa a fila durante treino do Vitória na Toca do Leão (PIETRO CARPI / ECVITÓRIA)
Estúdio Correio -

Em situação delicada na Série B, Vitória encara o Avaí fora de casa

Afundado na zona de rebaixamento, rubro-negro tenta se reabilitar na competição

Sextou! Será? Para os torcedores rubro-negros poderem comemorar na véspera do final de semana, o Vitória vai precisar se superar na 34ª rodada da Série B do Brasileiro. Nesta sexta-feira (5), às 19h, o Leão visita um dos fortes candidatos ao acesso à elite do futebol brasileiro. O duelo será contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, e o jogo vale demais para as duas equipes.   

Com 56 pontos, a equipe catarinense ocupa a 3ª colocação, tem 56% de aproveitamento no campeonato e aparece com 85% de chance de acesso à Série A. Em situação totalmente oposta, o Vitória amarga a zona de rebaixamento. Com apenas 33 pontos, o rubro-negro está em 18º lugar, tem 33% de aproveitamento e é apontado como um dos times que vão lamentar a queda ao final do torneio. O risco é de 96%. Os cálculos são do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estuda as probabilidades do futebol brasileiro. 

Não à toa, os jogadores do Vitória enxergam o duelo como decisivo. “A gente vai encarar como o jogo da nossa vida”, avisou o zagueiro Thalisson Kelven. “Primeiramente, a gente está pensando no Avaí, porque a gente está em uma situação que temos que vencer jogo após jogo. Eu tenho uma fé muito grande e creio que a maioria do nosso time também tem uma fé muito grande. Então, a gente ainda acredita”, afirmou o defensor.

Há 18 rodadas seguidas na zona de rebaixamento, o Vitória não consegue sair dela nessa rodada mesmo que vença o Avaí, mas precisa ganhar o jogo pra tentar uma reabilitação na reta final do campeonato. Restam apenas cinco jogos nesta edição. 

Thalisson Kelven se mantem esperançoso. Após a derrota por 1x0 para o CSA, na última terça-feira, no Barradão, ele confia que o Vitória vai conseguir se recuperar e dar alegria ao torcedor nesta sexta à noite. “Acredito e vou continuar assim, acreditando a cada minuto do jogo, jogo após jogo. A gente vai dar o nosso máximo contra o Avaí e vamos sair vitoriosos”, projetou, confiante. 

Desempenho como visitante
Para sair vitorioso da Ressacada como Thalisson Kelven vislumbra, o Vitória precisará se superar fora de casa. O rubro-negro tem a terceira pior campanha como visitante da Série B. Em 16 jogos disputados longe de Salvador, o Leão venceu dois, empatou oito e perdeu seis. Marcou oito gols, sofreu 14 e o aproveitamento é de apenas 29%.

Já o Avaí tem a quarta melhor campanha como mandante do torneio. Somou 31 pontos na Ressacada após nove triunfos, quatro empates e três derrotas. O aproveitamento é de 64%. 

“Grandes profissionais têm que ter a mente forte em todos os momentos, nos bons e nos ruins. Há esperança sim. A gente sabe que tem esperança, a gente sabe que pode, está em nossas mãos ainda. Então a gente vai fazer jogo após jogo, jogar por nós, por nossas famílias, pelos funcionários e pela torcida”, prometeu Thalisson Kelven.

O zagueiro está confirmado entre os titulares do Vitória. A baixa na equipe é o meia Eduardo, que levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. A tendência é que ele seja substituído por Fernando Neto. O Leão deve entrar em campo com Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Thalisson Kelven e Roberto; João Pedro, Fernando Neto e Bruno Oliveira; Fabinho, David e Marcinho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas