Em treino fechado, Roger esboça o Bahia que pega o Palmeiras

e.c. bahia
14.11.2019, 19:42:00
Atualizado: 15.11.2019, 11:54:00
Élber e Shaylon durante treino no Fazendão (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em treino fechado, Roger esboça o Bahia que pega o Palmeiras

Treinador tem desfalques na defesa e ataque para montar o tricolor

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia treinou nesta quinta-feira de olho no Palmeiras, adversário de domingo (17), às 16h, na Fonte Nova, e o técnico Roger Machado começou a esboçar o time que vai começar o duelo.

Em um treino fechado para a imprensa, Roger comandou uma atividade com a participação de todo o elenco disponível. O treinador não deu pistas sobre o time titular, mas é certo que o Bahia vai ter mudanças.

Na defesa, Juninho está fora do confronto por conta de uma cláusula contratual, já que está no tricolor emprestado pelo Palmeiras - o Esquadrão já acertou a compra, mas o contrato só será alterado após o Brasileirão. Ernando e Wanderson brigam pela vaga, e a tendência é que o segundo leve a melhor e forme a dupla com Lucas Fonseca.

Guerra e Artur também estão fora do jogo pelo mesmo motivo. Na frente, Arthur Caíke, Lucca e Rogério aparecem como candidatos.

No meio-campo, Roger tem a opção de manter o esquema com João Pedro ao lado de Gregore e Flávio, ou escalar Ronaldo, que volta após desfalcar o time contra o Flamengo, e deixar a equipe com maior poder de marcação. Guerra estava como reserva.

Uma provável escalação tem: Douglas, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro (Ronaldo); Élber, Arthur Caíke e Gilberto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas