Entenda por que uma foto de Macron com jovem causou tanta polêmica

mundo
02.10.2018, 08:56:02
Atualizado: 02.10.2018, 10:36:43

Entenda por que uma foto de Macron com jovem causou tanta polêmica

Jovem tirou foto sorridente com o presidente da França e fez um gesto obsceno

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente da França Emmanuel Macron se envolveu em uma polêmica após fazer uma selfie durante uma visita à ilha de Saint-Martin. Na foto, ele aparece ao lado de um jovem que mostra o dedo médio, considerado um gesto obsceno. 

Macron aparece sorridente ao lado do jovem, que tinha deixado a prisão há pouco tempo. A líder da extrema direita, Marine Le Pen fez críticas à situação. "Nem sequer encontramos palavras para expressar nossa indignação. Francamente, a França não merece isso. É imperdoável", escreveu no Twitter.

(Foto: Reprodução)

Macron respondeu à provocação dizendo que ama cada filho da república.  “É por isso que lutei para vencer Marine Le Pen nas eleições, porque amo cada filho da República, independentemente das besteiras que tenha feito. Ele não escolheu o lugar que nasceu”, declarou durante uma coletiva de imprensa. 

Outros políticos da oposição também se manifestaram contra a foto. "O presidente da República em uma foto com um jovem que faz um gesto obsceno com o dedo. RIP (sigla em inglês Rest in Peace, que significa “Descanse em Paz” em português) a dignidade da função presidencial", tuitou Jean-Jacques Giannesini um representante do principal partido de oposição de Macron, Os Republicanos (LR).

Apesar da repercussão, Macron tentou minimizar a polêmica, e disse que "não se tira nada dos discursos de ódio". 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas