Esperança renovada

artigo
11.01.2019, 05:00:00

Esperança renovada

José Abelardo Meneses é conselheiro e corregedor do Cremeb

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Iniciamos um novo ano com os desejos e a esperança de sempre. No entanto, há uma expectativa no ar de novos tempos para a assistência à saúde. Como portal de entrada está à frente da pasta o Dr. Luiz Henrique Mandetta, médico ortopedista atuante, que conhece a fundo os problemas enfrentados pelos dois atores indispensáveis no atendimento: o paciente e os profissionais de saúde. Ele está formando sua equipe sem interferência direta da política.

Neste contexto, o médico deve assumir o papel de destaque que sempre lhe foi reservado e que nos governos do PSDB e PT/PMDB foi gradativamente escamoteado. Não é sem razão que se percebe claramente a sua substituição por teóricos que muito entendem de saúde pública até que se lhes apresente um paciente.

Permaneceram no poder desde o segundo governo de Fernando Henrique Cardoso quando assumiu a pasta o economista José Serra, seguido por outro economista, três médicos políticos, um político de profissão, um bioquímico e sanitarista, dois médicos sanitaristas, um engenheiro civil e um advogado, todos com inserção político-partidária. Óbvio que não poderia dar certo.

E a voz do médico foi aos poucos sendo abafada. Programas foram criados com o afastamento do médico do seu papel de protagonista. Fizeram a “desmedicinização” do atendimento à saúde.

Lembro-me de um evento sobre assistência ao parto proposta pelo governo do Estado quando a parturiente seria atendida apenas por enfermeiros e não em equipe de saúde como está estabelecido na Lei 7.498/1986.

Depois de longo debate procurei saber na plateia quantas das defensoras da proposta tiveram seus filhos apenas com enfermeiros. Pasmem, leitores: nenhuma se submeteu ao atendimento exclusivamente por seus colegas de profissão.

Cautelarmente esclareço que não estou a desqualificar a profissão dos enfermeiros, por quem tenho estima, consideração, apreço e respeito nestes quase 40 anos de exercício profissional. A questão é contextualizar o que foi feito com a medicina nestes 20 anos de visão equivocada quanto a assistência de qualidade para todos.

Isto se pulverizou por várias áreas de atendimento, inclusive com o Programa Mais Médicos (PMM) que mantinha perfeita analogia com o trabalho escravo, ludibriava a população mais necessitada e desviava recursos para a ditadura de Cuba. O que assistimos com perplexidade foi o aviltamento da atividade médica e a introdução do atendimento à saúde de segunda classe.

Com o governo que ora se inicia já se percebe algumas mudanças, a começar pelo novo Programa Mais Saúde. Um outro fato digno de nota foi a atitude da pediatra Mayra Pinheiro, Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde ao acolher os desertores cubanos que pretendem se submeter ao Revalida. Esta sim uma insofismável demonstração de solidariedade humana e compromisso social.

José Abelardo Meneses é conselheiro e corregedor do Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/patroa-ajudou-crianca-que-caiu-de-predio-a-entrar-no-elevador/
Miguel, de 5 anos, morreu; petição que pede justiça tem mais de 77 mil assinaturas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-aos-85-anos-atriz-maria-alice-vergueiro-do-meme-tapa-na-pantera/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manifestantes-ateiam-fogo-em-onibus-na-paralela-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rodamos-na-nova-versao-da-ranger-a-storm/
Em vídeo, jornalista automotivo analisa a cabine dupla diesel
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/idoso-de-81-anos-e-o-100o-paciente-com-covid-19-a-ter-alta-no-hospital-portugues/
Unidade comemorou liberação do homem, que deu entrada há seis dias com 50% do pulmão comprometido
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais