'Estamos com boas chances', diz Geninho sobre classificação

e.c. vitória
15.03.2020, 19:36:13
Atualizado: 16.03.2020, 08:07:30
(Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

'Estamos com boas chances', diz Geninho sobre classificação

Vitória goleou River por 4x1 e está perto de avançar às quartas do Nordestão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória arrasou o River-PI por 4x1, neste domingo (15), no Barradão, pela penúltima rodada da Copa do Nordeste. O placar foi bom, certo? Mas o técnico Geninho revelou: teve bronca no vestiário, no intervalo. Isso porque três dos quatro gols do Leão só saíram no segundo tempo. Na etapa inicial, foi o visitante quem estava melhor em campo.

"Eu achei que nosso primeiro tempo foi muito abaixo do que o Vitória pode produzir. Sabíamos que era um jogo decisivo para nossas pretensões, precisávamos de uma vitória para ter chance de classificação que podia acontecer hoje ou que tivesse chance na próxima rodada. O time entrou abaixo do que pode jogar. Falei a eles que, num grupo de 11, sete ou oito jogadores estavam jogando muito abaixo do que normalmente jogam. Falei hoje que, se eu tivesse que trocar um ou dois, faria uma injustiça com vários, porque o time estava abaixo. Única coisa boa foi o gol, que evitou que o time saísse debaixo de vaia", afirmou Geninho.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Barradão teve a presença de cerca de 3 mil torcedores, que fizeram questão de ir apoiar o Vitória. Geninho comentou sobre a diferença que os apoiadores rubro-negros fizeram - e como o time mudou na volta do intervalo.

"A torcida começou a jogar junto, mesmo nos erros, a torcida entendia e vinha junto. No primeiro tempo, isso não aconteceu. Aquele gol no final deu uma acalmada. Aí conversamos, expus a eles algumas coisas. O time voltou com outra postura, outra forma de jogar, mesmo ainda errando um ou outro lance, erros normais de acontecer, ninguém é infalível, nós fizemos um placar tranquilo. Isso demonstrava que, se o time tivesse jogado o jogo todo bom, placar poderia ser maior. Não foi, porque fizemos primeiro tempo abaixo do que podemos. Segundo tempo foi melhor, outro jogo. Mesmo time e outro jogo. O importante é o resultado, que estamos vivos na competição, dependendo só das nossas forças. Vamos jogar", disse o treinador.

O Vitória chegou bem perto de se classificar às quartas de final da Copa do Nordeste, mas o triunfo do Ceará sobre o Sport, por 2x1, adiou a decisão para a última rodada. Ainda assim, Geninho diz que a situação está bem encaminhada.

"Eu gostaria que o Sport tivesse empatado com o Ceará, aí as coisas estariam tranquilas. Mas estamos com boas chances. Dependemos do nosso resultado, o que é muito bom. Não depender de ninguém é muito bom. Se fizermos bom jogo, temos totais condições de bom resultado em João Pessoa. E podemos ser beneficiados com resultado paralelo. Hoje era importante, nos daria chance de ter classificação definida, se houvesse resultado que nos favorecesse entre Ceará e Sport, ou encaminhávamos a classificação. Acho que encaminhamos bem a classificação. Nós atingimos uma possibilidade. Temos agora um pouco mais de tranquilidade", opinou.

A escalação contra o River teve uma surpresa: o volante Jean fez o papel de zagueiro. A novidade aconteceu diante dos desfalques na defesa - e era uma medida pensando na partida de volta contra o Ceará, pela Copa do Brasil, que aconteceria nesta semana. Mas foi suspensa por causa do novo coronavírus.

"Eu não sabia da possibilidade do adiamento do jogo quando trabalhei com Jean. Hoje, já se falava na possibilidade de não haver jogo. Se tivesse jogo na quarta, não ia ter o João Victor. Minhas chances de Maurício (Ramos) eram muito pequenas. Muito temeroso jogar contra o Ceará com dois garotos na zaga. Ia ter o John e Carlos. Como Jean teve origem de zagueiro, ele foi mais zagueiro que volante, optei por dar rodagem de zagueiro para que, na quarta, jogasse Jean e John. Com mais tempo, de repente, a gente tenha a recuperação de alguém, Gabriel vindo. Pode passar a ter mais opções. Mas início de Jean de zagueiro foi pensando já na quarta-feira", explicou Geninho.

O Vitória fará a última rodada do Nordestão no sábado (21), às 16h, contra o Botafogo-PB. O jogo, porém, pode ser suspenso pelo novo coronavírus.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas