Estátua de mulher negra é colocada no lugar da que homenageava escravagista

mundo
15.07.2020, 12:37:31
Atualizado: 15.07.2020, 12:39:22
(Foto: AFP)

Estátua de mulher negra é colocada no lugar da que homenageava escravagista

Monumento em Bristol foi derrubado mês passado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Após a estátua do traficante de escravos Edward Colston ter sido derrubada em Bristol, na Inglaterra, no início de junho, uma homenagem a uma manifestante negra com o punho levantado foi erguida no lugar. 

Edward Colston, que ganhou fortuna com o comércio de escravos da África Ocidental no séxulo XVII, teve sua imagem retirada durante protestos pela morte do afro-americano George Floyd por um policial em Minneapolis, no dia 25 de maio. O caso gerou protestos por igualdade racial e reformas policiais nos Estados Unidos e em todo o mundo.

A derrubada de sua estátua gerou movimentos em todo o mundo contra homenagens a escravagistas e colonialistas.

Segundo a Reuters, nova estátua foi criada por Marc Quinn, um dos escultores mais conhecidos da Grã-Bretanha, e representa uma manifestante, Jen Reid, fotografada em pé no pedestal depois da derrubada da antiga escultura.

A estátua de Colston foi recuperada pelas autoridades locais e deve ser colocada em um museu, junto a cartazes do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas