'Experiência nova': teatro transmite peça ao vivo e com audiodescrição

salvador
29.06.2020, 00:05:00
Marcelo Serrado em Os Vilões de Shakespeare (reprodução YouTube)

'Experiência nova': teatro transmite peça ao vivo e com audiodescrição

Baiano acompanhou o espetáculo e relata a sensação de ter uma peça em casa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ei, faz silêncio aí! O espetáculo já vai começar. De uma forma diferente, tudo bem, já que os teatros estão fechados por causa da pandemia. A transmissão vai ser 0800, lá pelo YouTube. E até cego vai poder ver! É isso mesmo.

No último sábado (27), aconteceu a transmissão da peça Os Vilões de Shakespeare, protagonizada pelo ator Marcelo Serrado. A transmissão foi online, direto do Teatro Rio Claro, no Rio de Janeiro, e teve descrição simultânea para tornar o espetáculo acessível para deficientes visuais. Para os deficientes auditivos, também havia uma intérprete de libras.

O espacinho para o fuxico foram as caixas de comentário. "Já encontrei minha cadeira", disse a espectadora Valéria Annarumma antes de completar que a noite seria feliz por conta da iniciativa.

Bem humorado, o baiano Ednilson Sacramento avisou, a 2 minutos do início, que estava sentado na poltrona 34 à espera do espetáculo e ganhou a companhia de outras pessoas, brincando que estavam o enxergando e comemorando a presença.

Cego desde os 20 anos por conta de uma retinose pigmentar, Ednilson Sacramento é jornalista de formação e disse que estranhou um pouco o formato no início, mas que conseguiu se adaptar e curtir a experiência.

"É claro que a gente ainda sente uma diferença por estar em outro local. O teatro pressupõe uma reunião de pessoas e estar sozinho gera um pequeno estranhamento, mas foi uma nova experiência", conta.

O maior estranhamento relatado por Ednilson foi um pequeno choque entre a voz da audiodescrição e a voz do palco. No teatro 'normal', ele escuta a descrição no fone de ouvido enquanto presta atenção no palco.

Em Os Vilões de Shakespeare, Marcelo Serrado interpreta um conferencista, uma espécie de palestrante, que reúne e analisa trechos da obra de Shakespeare e ao mesmo tempo vive os personagens.

“Shakespeare, através de seus personagens, mostra causa, motivo e justificativa para que possamos compartilhar uma jornada psicológica, no lugar de condenar a maldade”, comenta Marcelo Serrado.

Live
Entusiasta da causa da acessibilidade, Ednilson está fazendo uma série de lives em seu Instagram falando sobre o tema. Na próxima terça-feira (30), às 20h, ele fará uma edição sobre acessibilidade na cultura, conversando com cineastas baianos e pessoas que trabalham com audiodescrição no cinema.

Antes disso, Ednilson muda de papel e será entrevistado nesta segunda-feira (29) pelo jornalista Ricardo Alcântara, abordando a temática Como Abordar a Deficiência na Imprensa. 

Entre os assuntos abordados, estarão os tipos de deficiência, a prepração da cobertura jornalística, como entrevistar pessoas com deficiências, além de critérios e sugestões de pauta e o tratamento de legislação e terminologias. Fica aí a dica para os colegas e para todo o mundo.

*com supervisão do subeditor Roberto Midlej

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas