Faculdade oferece assistência jurídica de graça durante a pandemia

salvador
02.07.2020, 17:44:00
Atualizado: 02.07.2020, 17:44:48
Atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, por telefone (Foto: Divulgação)

Faculdade oferece assistência jurídica de graça durante a pandemia

Ação tem objetivo de sanar dúvidas sobre auxílio emergencial, mudanças no regime trabalhistas e outras implicações geradas pelo coronavírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Esclarecer dúvidas da população sobre questões jurídicas relacionadas à pandemia do novo coronavírus. Esse é o objetivo do atendimento online prestado pelo Núcleo de Prática Jurídica da Unijorge (NPJ). 

O atendimento gratuito acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelo telefone: (71) 3206-8463. Os interessados podem ter esclarecidas suas dúvidas sobre auxílio emergencial, mudanças no regime de trabalho, contratos de locação residencial e divórcio extrajudicial durante a pandemia da Covid-19.
 
“Como não está sendo possível o atendimento presencial, pensamos no atendimento online de modo que a população pudesse tirar dúvidas em assuntos específicos sobre questões relacionadas à pandemia”, explica o coordenador do curso de Direito da Unijorge, Luis Carlos Laurenço.
 
As ligações são atendidas por alunos do curso de Serviço Social da Unijorge, e as demandas que necessitam de orientações jurídicas são direcionadas aos advogados do Núcleo.

“O atendimento consiste em orientação e havendo necessidade de ajuizamento de ação a pessoa é encaminhada para a Defensoria Pública do Estado ou União, a depender do tipo de demanda”, ressalta Laurenço.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas