Famosos repudiam agressões de DJ Ivis à ex-mulher; veja as reações

em alta
12.07.2021, 18:04:29
(Divulgação)

Famosos repudiam agressões de DJ Ivis à ex-mulher; veja as reações

Celebridades também criticaram aumento do número de seguidores do artista após vídeos em que aparece espancando Pamella Holanda

As cenas lamentáveis de agressão de DJ Ivis, 29 anos, famoso cantor e produtor musical paraibano radicado no Ceará, contra a sua ex-mulher, Pamella Holanda, publicadas por ela nesse domingo (11), continuam a repercutir, desta vez com as reações de famosos, incluindo ex-parceiros dele no universo do forró.

Entre as agressões registradas pelo circuito interno da casa onde o ex-casal vivia, há momentos em que ele dá socos e puxões de cabelo em Pamella na frente da filha do casal, uma bebê, e outras pessoas não identificadas. Além de socos, há registros de chutes e tapas na cabeça. 

Foto: Reprodução

Diante do caso de violência doméstica – a polícia investiga desde o início do mês –, diversos famosos usaram as redes sociais para se pronunciar e repudiar a atitude do DJ, além de criticar o salto no número de seguidores que ele teve depois que as imagens vieram à tona – saiu de 700 mil para mais de 1 milhão no Instagram.

Confira o pronunciamento de alguns dos famosos, incluindo ex-parceiros musicais como Xand Avião, Zé Vaqueiro, os baianos do Barões da Pisadinha e o cantor Latino, que informou que vai cancelar o lançamento de um videoclipe que contava com a participação de DJ Ivis. 

Polícia investiga violência doméstica
A Polícia Civil do Ceará informou que um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso de lesão corporal no âmbito de violência doméstica, registrado no dia 3 de julho, em Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, e que as agressões ocorreram no dia 1º, porém a vítima só registrou o caso no dia 3, não sendo possível o flagrante.

Desde o dia do registro da ocorrência, a PC-CE solicitou ao Poder Judiciário medidas protetivas de urgência em favor da vítima. Desde então, o caso segue em investigação. Segundo a Polícia Civil, as imagens das câmeras do circuito interno da residência de Ivis e Pamella, que mostram as agressões, não tinham sido apresentadas anteriormente.

Em suas redes sociais, DJ Ivis divulgou um posicionamento em vídeos e expôs um boletim de ocorrência contra Pamella registrado no último dia 13 de março, com a alegação de chantagem e agressões. No Instagram, o DJ disse que os vídeos não estão sendo publicados na íntegra. "Sempre tentei fazer de tudo para que isso não chegasse a esse extremo. Nada vai justificar a reação que eu tive, mas eu não aguentei mais ameaças", disse. DJ Ivis não foi encontrado para comentar o caso. Com informações do Estadão Conteúdo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas