Fantasias carnavalescas de Blocos Afros  ganham exposição virtual

marrom
28.01.2021, 06:00:00

Fantasias carnavalescas de Blocos Afros  ganham exposição virtual


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto de Sérgio Cabral


Em sua 4ª edição, a Mostra Bahia Matriz, exposição de fantasias carnavalescas de blocos afros que desfilam no Carnaval de Salvador, acontecerá em formato virtual de 1º a 28 de fevereiro  através do site  www.bahiamatriz.com.br.   Foi idealizada pela produtora cultural Cris Santana, com o intuito de tornar a cultura com influências africanas acessíveis a todos e promover sua preservação. “Esta exposição virtual vai além de mostrar fantasias carnavalescas, ressignifica com criatividade e tecnologia, a historicidade cultural do maior Carnaval de rua, que é o Carnaval de Salvador”, explicou a autora. Cris continua: “É uma exposição itinerante que agrega vários elementos originários de blocos de matriz africana, a exemplo dos de samba, afros, afoxés e indígenas.

A Mostra Bahia Matriz acontece desde 2018 e já foi realizada no Shopping Piedade; Aeroporto Internacional Luiz Eduardo Magalhães, principais estações de metrô da capital baiana; e no Rio de Janeiro, na Feira Nacional de Negócios do Carnaval.


Tom Cardoso assina biografia de Nara Leão

Nara Leão (Divulgação)

Escrito pelo jornalista Tom Cardoso (filho do  também jornalista Jary Cardoso) o livro Ninguém Pode com Nara Leão (1942/1989), da  Editora Planeta, reconstrói a vida da artista que participou ativamente dos mais importantes movimentos musicais surgidos a partir da década de 1960. Filha caçula de dr. Jairo e dona Tinoca e irmã de Danuza Leão, a jovem tímida, quieta e cheia de neuroses ficou marcada na história como uma das mais produtivas intérpretes da MPB dos agitados anos 1960 aos 1980. A biografia tem prefácio de Tárik de Souza, um dos mais respeitados críticos da MPB. Nara gravou discos antológicos e um dos mais marcantes foi Meus Amigos São Um Barato com participações de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque e Erasmo Carlos, entre outros.


Batifun festeja  Iemanjá  e seus 23 anos em live  

A turma do Batifun (Divulgação)

Para celebrar os 23 anos de carreira e saudar Iemanjá, no dia 02, o grupo de samba Batifun realiza,  a partir das 16h, a live Varanda do Batifun, transmitida pelo canal YouTube.com/GrupoBatifun. Em  formato acústico e sem presença de público, o projeto apresentas as canções autorais e releituras que fazem parte da trajetória desses anos. Ainda como parte das comemorações, no mês de fevereiro, ocorrerá o lançamento nas plataformas digitais dos fonogramas do primeiro CD do grupo, Recomeço (2005), que conta com músicas como Ziriguidum do Batifun, releituras da música da Bahia, como Menina me dá seu Amor e versões de gigantes da MPB, como Alagoas, de Djavan, trabalho que recebeu o Troféu Caymmi como melhor CD de Samba. O Batifun é formado por Fernando Rufino, Marcelo Timbó e Junior.


Nova aposta dos cantores André & Mauro 

Os cantores André & Mauro lançam amanhã, nas plataformas de streaming, o single Natally, gravado em Goiânia, com direção musical de Matheus Kennedy. O engenheiro André e o advogado Mauro estão há 11 anos juntos se conheceram nos tempos de escola.


TUM-TUM-TUM*

1   Após quase nove anos dedicado à missões de paz e à música instrumental, o cantor e compositor pernambucano Nando Cordel retoma seus projetos com foco na música popular brasileira com a canção Felicidade é Tudo que a Gente Quer. E para marcar esse retorno ele convidou seu parceiro Carlinhos Brown para uma dobradinha na interpretação. “Nando Cordel é tudo que a gente quer, comentou o Cacique do Candeal.


2  O baiano Juliann Tavares volta ao Brasil com clipe lançado por KondZilla e participação do francês Francky Foss. Com forte apelo pop latino, Baile Diferente é o primeiro single de projeto que traz produções de Gudi, Rafinha e Hitmaker e clipe produzido e dirigido por Dani Alves. Há dois anos, ele teve seu talento reconhecido pelo também baiano Roberto Chaves, um dos maiores agitadores culturais da França, quando participou da Lavage de La Madeleine, em Paris.


3 O DJ e também baixista Leo Pinheiro (que acompanhou Saulo durante muito tempo) lança amanhã o seu novo single, Heart, que conta com a participação do cantor alemão Chris Ponate. Durante o processo de produção, Leo criou duas versões para a música, chamando-as de Sunset e Sunrise. Além de Heart Leo já está produzindo mais um single, que também será lançado neste semestre. Todos distribuídos pela ONErpm.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas