Fecomércio-BA pede que governo do estado aprove parcelamento do ICMS

bahia
23.09.2020, 17:44:25
Atualizado: 23.09.2020, 17:52:40
(Foto: Arquivo / CORREIO)

Fecomércio-BA pede que governo do estado aprove parcelamento do ICMS

Federação diz que medida salvará empregos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em nota divulgada em seu site nesta quarta-feira (23), a Fecomércio-BA pediu que o governador Rui Costa encaminhe um projeto de lei à Assembleia Legislativa que prevê um programa de pagamento e parcelamento de créditos tributários relacionados com o ICM e ICMS, vencidos até 31 de julho.

Para justificar o pedido, a federação aponta uma pesquisa mostrando que neste mês de setembro mostra que o varejo baiano sofreu contração de -6,37 mil pontos de venda no segundo trimestre deste ano, o que justificaria a necessidade de operacionalização do convênio. 

“Certamente, tal medida poderá garantir sobrevida de inúmeras empresas no Estado, além da manutenção de postos de trabalho”, afirma o presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas