Festival de criatividade e empreendedorismo faz prévia no Solar do Unhão

salvador
27.08.2019, 05:00:00
Presidente da ABMP, Ana Coelho fala sobre o Scream 2019 (Foto:Betto Jr/CORREIO )

Festival de criatividade e empreendedorismo faz prévia no Solar do Unhão

Bate papo foi warm up para o Scream, evento realizado com o apoio da prefeitura

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma primeira prévia do que está sendo preparado para a próxima edição do Salvador Creativity  and  Media Festival (Scream) foi apresentada ao público na noite desta segunda-feira (26). O primeiro warm up do Scream, como foram batizados os eventos de aquecimento para o festival, aconteceu no Solar do Unhão e contou com um bate-papo com Pedro Tourinho, que lançou no evento seu livro  “Eu, Eu Mesmo e Minha Selfie - Como cuidar da sua imagem no século XXI”.

O Scream vai acontecer pelo segundo ano seguido na capital baiana nos dias 6 e 7 de dezembro, no Centro Histórico, com atividades diversificadas e foco em diferentes temas. Em sua primeira edição, o evento abordou assuntos como inteligência artificial, startups, diversidade, pinkwashing, financiamento coletivo, arte de rua, identidade e construção de marcas. O festival é uma realização da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP)  e conta com apoio da Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur).

Nessa segunda edição, o evento contará com quatro diferentes trilhas que dividem os palestrantes nos seguintes temas: empreendedorismo, conteúdo, comportamento e diversidade, inovação e tecnologia. Os painéis acontecerão simultaneamente em três diferentes espaços: Fera Palace, Centro Cultural da Barroquinha e  Teatro Gregório de Matos e quem se inscrever terá que escolher que painel assistir. As inscrições acontecerão pelo site do evento.
 
“É um festival que reúne palestras e painéis para provocar e incentivar as pessoas para discutir. A ideia é pensar as tendências, ver como a gente pode usar da criatividade para transformar, gerar valor, gerar negócio, desenvolver a nossa cidade e o nosso estado”, explica Ana Coelho, presidente da ABMP

O autor Pedro Tourinho conversou sobre seu livro no warm up do Scream (Foto: Betto Jr/CORREIO)

Para esse ano, além de Pedro Tourinho que participou do warm up, nomes como Cléber Paradela, vice presidente da 99 táxi, Celso Athayde, fundador da Central Ùnica de Favelas e Isabela Aquino, roteirista. “A ideia é sempre ter painéis provocativos, não ser só a apresentação de um caso, sempre um algo mais, pessoas que pensem diferente uma da outra,  gente quer que as pessoas saiam de lá inspiradas a mudar”, completa Ana. 

*Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas