Fim de semana fora de casa: confira opções de lazer, cultura e praia em Salvador

salvador
11.01.2020, 12:32:00
Atualizado: 11.01.2020, 12:33:03
(Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO )

Fim de semana fora de casa: confira opções de lazer, cultura e praia em Salvador

Programe-se com a lista preparada pelo CORREIO

O final de semana tem programação cultural para todos os gostos. Shows, peças de teatro e, para quem não dispensa um banho de mar, tem a tradicional praia. O CORREIO fez uma lista com os principais destaques deste sábado (11) e do domingo (12). 

Para quem quer pegar sol, há opções de 30 praias próprias para banho em Salvador. Em toda a Orla, há oito consideradas impróprias, de acordo com o levantamento realizado pela Coordenação de Monitoramento do Instituto Do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), através do Boletim de Balneabilidade, emitido na sexta-feira (10). Periperi, Penha e Pedra Furada estão entre as praias impróprias.

As águas consideradas próprias poderão ser subdivididas em três categorias. O critério é a partir do resultado de 80% ou mais das amostras colhidas em cada uma das cinco semanas anteriores à divulgação do boletim. Se há, no máximo, 200 bactérias Escherichia coli, a água é considerada excelente. Se há menos de 400, a qualidade é muito boa. Se há até 800, a água é considerada satisfatória.

Praias próprias:

São Tomé de Paripe, em frente à casa Vila Maria, ao lado da rampa de acesso à praia.

Tubarão, em frente ao conjunto habitacional, próximo à antiga fábrica de cimento.

Bogari, em frente ao Colégio da PM (antigo Colégio João Florêncio Gomes).

Bonfim, ao lado da quadra de esportes, em frente à rampa de acesso à praia.

Boa Viagem, ao lado do forte Monte Serrat e em frente ao muro lateral da Fundação Luís Eduardo, junto a rampa de acesso à praia.

Roma, Rua Prof. Roberto Correia, junto à descida de acesso à praia, fundo do Hospital São Jorge.

Canta Galo, atrás das antigas instalações da FIB, Rua Agrário Menezes.

Marina Contorno, entre a Marina e o Restaurante do Amado da Av. Contorno.

Porto da Barra, em frente à Rua César Zama, junto a escada de acesso à praia, Av. Sete de Setembro. Própria

Santa Maria, em frente ao Mar Azul hotel, limítrofe ao Hospital Espanhol, em frente a escada de acesso à praia.

Farol da Barra, em frente as escadas de acesso à praia, na Rua Dias D'Ávila.

Farol da Barra, próximo ao Barra Vento e escada de acesso à praia, em frente a Av. Oceânica

Ondina, próximo a escada de acesso à praia, em frente ao posto BR e Hotel Bahia Sol.

Ondina, situada próximo ao Morro da Sereia em frente ao Ed. Maria José.

Rio Vermelho, em frente à Rua Bartolomeu de Gusmão. Próximo a escada de acesso à praia, ao lado da Rua Morro da Paciência.

Rio Vermelho, próximo a escada de acesso à praia, em frente à igreja Nossa Senhora de Santana.

Buracão, em frente as escadarias de acesso à praia.

Amaralina, no fundo da Escola Cupertino de Lacerda, em frente do painel do artista plástico Bel Borba.

Amaralina, em frente à rua do Balneário e ao Edifício Atlântico

Pituba, em frente a escada de acesso à praia, em frente a Portinox, na Rua Paraíba.

Pituba, atrás da Praça (antigo Clube Português).

Corsário, em frente ao Posto Salva Vidas.

Lagoa de Pituaçu, em frente à entrada do estacionamento do Parque.

Piatã, em frente ao Posto Salva Vidas, próximo ao Clube Costa Verde.

Placafor, em frente ao posto Salva Vidas.

Itapuã, em frente à Sereia de Itapuã

Lagoa de Abaete, em frente a placa de fundação do parque.

Stella Mares, em frente ao Hotel Grande Stella Maris.

Flamengo, em frente à barraca Doce Vida.

Flamengo, em Frente à barraca da Pipa, Próximo ao Módulo Policial.

Praias impróprias:

Periperi, na saída de acesso à praia, após travessia da via férrea.

Penha, em frente à barraca do Valença.

Pedra Furada, atrás do Hospital Sagrada Família, em frente a ladeira que dá acesso à praia.

Armação, em frente ao Hotel Alah Mar e a Rua João Mendes da Costa.

Boca do Rio, em frente ao posto Salva Vidas.

Patamares, em frente ao posto Salva Vidas Patamares. Próximo ao Coliseu do Forró e ao Caranguejo de Sergipe.

Itapuã, próximo a escada de acesso à praia e em frente à Rua Sargento Waldir Xavier.

Farol de Itapuã, em frente à Rua da Música (Antiga Rua K).

Há, ainda, opções de shows e peças de teatro ao longo do fim de semana:

Que Deus Sou Eu - O diretor teatral João Falcão faz a estreia nacional de um espetáculo baseado na Bhagavad Gita, livro sagrado hindu. Que Deus Sou Eu entra em cartaz no sábado (11), às 20h, no Teatro Sesc Casa do Comércio, onde será encenada até o dia 1º de fevereiro, sempre aos sábados. Ingressos: R$ 50 (inteira) | R$ 25 (meia). Clube Correio: 40% de desconto. Vendas no local ou portal Ingresso Rápido.  

Osbalada - Enquanto muitas orquestras estão de férias, como tradicionalmente acontece durante o Verão, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) está com uma proposta diferente, a Osbalada, que une música clássica com eletrônica. O evento faz parte do Verão da Osba, programação gratuita que ainda conta com apresentações dos Grupos de Câmara e de concertos na Praça das Artes do Pelourinho. A programação acontece na sexta (10) e sábado (11), a partir das 17h. É tudo gratuito.  

Pranchão com Saulo e Durval - A parceria entre Saulo e Durval Lelys continua firme. No sábado (11), a partir das 15h, na Arena Fonte Nova, eles participam da terceira edição do Pranchão, em que os dois artistas se apresentam em cima de um moderno palco móvel que permite maior aproximação e interação entre os músicos e o público. O show de abertura é da banda Filhos de Jorge. Ingresso: R$ 80. Vendas: Sympla.  

Contos africanos - O espetáculo infantojuvenil O Jabuti e A Sabedoria do Mundo está de volta aos palcos soteropolitanos, dessa vez no Teatro Gamboa Nova. Dirigida por Guilherme Hunder, a peça conta a história dos cinco jabutis-griôs-brasileiros, que relembram em sua roda de histórias as lendas africanas antepassadas. As apresentações começam neste sábado (11), às 16h, e vai até o dia 25 de janeiro, sempre aos sábados, no mesmo horário. Ingresso: R$20 | R$10. Venda: pelo site do sympla 

Afrobalada - Resistência é um dos temas que o público vai encontrar no projeto Afrobalada, no sábado (11), às 19h, no Teatro Sesc-Senac Pelourinho. O evento tem show de abertura do grupo Evolução MCs, que destaca a resistência negra e a violência nas periferias em suas letras, e inclui apresentação da banda KalunduH, que mistura rap, reggae e samba. O grupo Conexão Tambor é quem encerra a noite. Ingresso: R$ 20 (inteira) | R$ 10 (meia). Vendas: Sympla. 

Zen - Sertanejo e samba marcam a programação do espaço Zen Salvador no fim de semana. Na sexta (10), às 20h, quem se apresenta é André & Mauro e Juan & Rafael. No sábado (11), também às 20h, é a vez das bandas Gela-Samba e Samprime. Por fim, no domingo (12), às 21h, os grupos Nata do Samba e Isqueminha animam a festa. O DJ Rodrigo Fiuzza discoteca em todos os dias. Ingresso: R$ 40 (masculino) e R$ 30 (feminino).  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas