Foto com 'blackface' aumenta pressão sobre primeiro-ministro do Canadá

mundo
19.09.2019, 14:29:00
(Arquivo/AFP)

Foto com 'blackface' aumenta pressão sobre primeiro-ministro do Canadá

Trudeau pediu desculpas por usar maquiagem para escurecer a pele em fantasia, em 2001

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma foto em que o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, aparece usando maquiagem para escurecer a pele foi divulgada essa semana e aumetnou a pressão sobre o político, que disputa reeleição. Na quarta-feira (18), Trudeu pediu desculpas pela foto, que é de 2001. Ele usou a chamada "blackface" em uma festa com tema árabe.

O "blackface" é considerado ofensivo por remeter a um costume racista do século 19, quando os atores brancos usavam carvão para pintar o rosto e representar negros, geralmente de maneira caricata, nos palcos.

A foto publicada pela revista Time Está no anuário da West Point Gray Academy, escola particular da Colúmbia Britânica, onde Trudeau foi professor antes de virar político. O hoje primeiro-ministro aparece com turbante e uma túnica, além da maquiagem escura.

Imagem foi publicada pela revista Time (Foto: Reprodução)

"Estou chateado comigo mesmo, estou decepcionado comigo mesmo", afirmou Trudeou, durante uma viagem de campanha - sua disputa pela reeleição começou oficialmente na semana passada. 

Ele disse que a fotoi foi feita no jantar anual da escola, com tema "Noites da Arábia". Ele foi caracterizado como Alladin. Trudeau confessou que essa não foi a primeira vez que usou a maquiagem para escurecer a pele. Ele relembrou que participou de um show de talentos tocando uma música de Harry Belafonte também fantasiado.

"Eu deveria ter tido mais noção, mas não tive, e sinto muito por isso", disse Trudeau. "Vou pedir aos canadenses que me perdoem pelo que fiz. Eu não deveria ter feito isso. Eu assumo a responsabilidade por isso. Foi uma coisa idiota de se fazer”.

O canadense afirmou que sempre gostou de fantasias e tomou decisões nem sempre apropriadas em relação ao que usar e como se caracterizar. "Essas são as situações das quais me arrependo profundamente".

A foto pressiona ainda mais Trudeau, que segundo as pesquisas está em disputa intensa com o conservador Andrew Scheer. Ele já viu sua popularidade cair no Canadá por conta de um escândalo político quando uma ex-procuradora-geral afirmou que foi pressionada por ele para interromper o processo criminal contra uma empresa de Quebec.

Escândalos com políticos e fotos consideradas racialmente insensíveis não são incomuns. O governador da Virgínia, nos EUA, Ralph Northam, sofreu pressão para se demitir depois que uma imagem do tipo do seu anuário da faculdade de medicina, em 1984, veio a público. Ele negou estar na foto, mas afirmou que usava "blackface" em festas que imitava Michael Jackson, na década de 1980.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas