Futuro da Copa do Nordeste será discutido quinta-feira, no Recife

bate-pronto
10.09.2018, 05:00:00
Atualizado: 10.09.2018, 10:11:38

Futuro da Copa do Nordeste será discutido quinta-feira, no Recife

Por editoria de Esporte

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O futuro da Copa do Nordeste será debatido na próxima reunião da Liga do Nordeste, marcada para quinta-feira (13), no Recife. Participarão os representantes dos 16 times que disputarão o regional do ano que vem. A maior preocupação passa pelo fim dos canais Esporte Interativo, que transmitiam todos os jogos da competição. Segundo a Liga e a CBF, o Nordestão está garantido no calendário do futebol brasileiro de 2019.

Escolha do novo presidente
Na mesma reunião, os clubes discutirão a eleição para escolher o novo presidente da Liga do Nordeste. O segundo mandato de Alexi Portela, que está no cargo desde 2013, acaba no final deste ano e ele não vai concorrer à reeleição. O provável é que a assembleia aconteça no dia anterior ao sorteio dos grupos do Nordestão, no início de outubro, em Maceió. Atual vice da entidade, Eduardo Rocha, ex-presidente do América-RN, é favorito ao cargo.

Nordestão sub-20 ainda sem data
A Copa do Nordeste sub-20, torneio está no calendário oficial da CBF desde 2015, também será um dos tópicos do encontro entre dirigentes. Para este ano, estava previsto um salto no regional, que passaria a contar também com disputas sub-15 e sub-17. As competições, no entanto, ainda não têm data para começar. A previsão inicial era para a última semana de julho, mas a CBF emitiu um comunicado na época adiando para 16 de setembro “por questões operacionais e de confirmação dos participantes”. Agora, com a proximidade da data e ainda sem os participantes definidos, a Liga do Nordeste já admite um novo adiamento. Pesa nesta indefinição o fim do canal por assinatura Esporte Interativo, que transmitia ao vivo os jogos do Nordestão sub-20. O Vitória venceu dois dos três torneios sob chancela da CBF, inclusive o de 2017.

Fim das ‘lojas oficiais’ do Bahia
Todos os estabelecimentos que usam o nome "Loja Oficial do Bahia" terão que deixar de usá-lo em até 15 dias, além de não utilizar a marca do clube em fachadas e sacolas, por exemplo. Isso porque a única loja oficial do Bahia será a da Fonte Nova, prevista para ficar pronta em dezembro. O modelo atual, em que todas as lojas são oficiais do clube, surgiu em 2016. Por ele, todos os lojistas pagam royalties pelas vendas. A partir de agora, o modelo será semelhante ao antigo, em que os comerciantes terão que adquirir os produtos diretamente do Bahia, como o futuro uniforme de marca própria do Esquadrão. Segundo o Bahia, como o clube terá loja e marca próprios, o modelo de lojas oficiais parceiras não seria mais interessante.

Fim das ‘lojas oficiais’ do Bahia II
Segundo o Bahia, a mudança se deu por comum acordo, já que, no modelo de 2016, ambos os lados não cumpriam com o que estava acordado e houve um desgaste. Do lado dos lojistas, existe o receio de que o clube pratique preços menores em sua loja e dificulte assim as vendas dos demais. Principalmente porque o Bahia vai produzir os próprios uniformes.

Tricolor contra a homofobia
O Bahia recebeu ontem o prêmio de Honra ao Mérito LGBT, concedido pelo Grupo Gay da Bahia. O tricolor foi premiado pelo trabalho do seu Núcleo de Ações Afirmativas, que tem criado debates a fim de quebrar preconceitos do futebol. A peça premiada chama-se ‘Não Há Nenhum Impedimento’, e foi publicada nas redes sociais em 17 de maio, dia de combate à homofobia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas