Gefferson Vila Nova assina uniforme do time Chandon no Baile da Vogue

correio afro
29.04.2022, 15:01:00
Gefferson Vila Nova e sua criação (Fotos: divulgação)

Gefferson Vila Nova assina uniforme do time Chandon no Baile da Vogue

O estilista baiano foi convidado pela marca e criou look inspirado na Semana de Arte Moderna

O designer baiano Gefferson Vila Nova assina o uniforme da equipe de serviço da Chandon no Baile da Vogue, que acontece nesta sexta-feira (29), no Copacabana Palace, Rio de Janeiro. A marca é a espumante oficial do evento, que terá como tema “Brasilidade Fantástica”, uma homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922. 

"O uniforme partiu da ideia de ter o contraste de uma tela branca na camisa de alfaiataria modelo tuxedo, que remete diretamente ao luxo e sofisticação da Chandon. Nas calças com shape street style, uma tela crua em homenagem à criatividade dos artistas e ao modernismo de 1922. Os uniformes atendem a diversidade de corpos, pensando em um mundo de possibilidades”, diz o estilista.

O time também vai usar adereços de cabeça inspirados nas referências icônicas das obras de Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti. "Das curvas do Abaporu às palmeiras dos brincos, o conceito traz alegria, cor e diversão com a identificação direta complementando as homenagens feitas na vestimenta do staff da marca." diz Diego Silvério, que assina os acessórios. Nos pés, a escolha foi pela marca brasileira, sustentável e vegana Arcas Bear.

Confira a entrevista exclusiva do Correio com Gefferson Vila Nova:

Como surgiu o convite?
O convite surgiu da assessoria de comunicação da Chandon. A ideia era de trazer um nome da moda brasileira para assinar um look que seria usado pela equipe de garçons e garçonetes que iriam trabalhar no baile de carnaval da revista Vogue Brasil. E esse nome precisaria imprimir sofisticação, luxo, vanguarda e brasilidade.  

Qual foi sua inspiração?
O tema do baile para esse ano é a Semana de Arte de 22. Então o caminho que segui foi por essa linha. Questionado pelo stylist da marca, Fagner Bispo, sobre qual palavra vinha a minha cabeça quando ouvia o nome Chandon, fui categórico: luxo e sofisticação! Daí o caminho a seguir seria guiado pela sofisticação e luxo, mas trazendo isso para algo mais acessível com cara de street style. O shape precisava ser genderless, trabalho uma roupa que atende a diversidade de corpos, uma alfaiataria com espírito avant-garde, a escolha da cartela de cores partiu de dois momentos. O branco da camisa eu me inspirei no slogan da Chandon, “Um mundo de possiblidades”. Esse slogan diz muito sobre ser livre e à frente do tempo, e o cru das calças, que traz um shape super street, vem das telas ainda em canvas usadas pelos pintores, ai temos uma conexão com o tema do baile.

Tem um detalhe diferente na camisa? Qual foi sua inspiração?
A camisa traz um acessório disruptivo: um brinco em forma de estrela de sete pontas pendurado na gola, estilo tuxedo, criando em um shape street. A camisa tuxedo é uma peça clássica que compõe o look black tie do vestuário de gala masculino e  a leitura desse código clássico remete a esse “mundo de possibilidades”, que é o que a Chandon propõe e que tem tudo a ver com a marca Gefferson Vila Nova Label.

Detalhe da peça

Quanto tempo você tem de profissão, quais seus trabalhos mais recentes?
De profissão são 13 anos e de marca 9 anos, completados em outubro de 2022. O meu trabalho mais recente foi a releitura da princesa Aurora da Disney, uma parceria com os estúdios Disney ano passado, quando eles buscavam por designers que relessem algumas princesas clássicas dentro do estilo de suas respectivas marcas. No meu caso, trouxe a Aurora para o street de luxo. Uma Aurora bem acordada, rs... Tem ainda a coleção genderless Das, que apresentei na Semana de Moda Casa de Criadores, e o look que desfilei no Afro Fashion Day, em 2021.

A marca possui um shop online (www.geffersonvilanova.com.br) que entrega em todo território nacional. O estilista também atende com hora marcada em seu ateliê em Salvador. “Fazemos de street a noivas, somos uma marca de corpo e espírito criativo e avant-garde”, define.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas