Gerônimo é o Marujo do Tempo em Memórias do Brasil

marrom
05.11.2020, 06:00:00

Gerônimo é o Marujo do Tempo em Memórias do Brasil

geronimo

O cantor e compositor Gerônimo, um dos principais nomes da cena musical baiana, abre o episódio Marujo do Tempo, da série Memórias do Brasil, que vai ao ar amanhã, a partir das 20h30, no canal Arte 1. “O mar faz parte de mim, é fonte de inspiração de quase todas as músicas que eu tenho” declarou o artista. Gerônimo apresenta seu cotidiano criativo no especial, que conta com depoimentos de artistas como Armandinho, Caetano Veloso e Luiz Caldas. O episódio traz relatos como a história da composição de É d’Oxum, clássico do repertório baiano. O programa tem direção de Rodrigo Luna. Já  a série documental é assinada pela produtora baiana Têm Dendê, e conta com episódios gravados na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. O programa tem direção geral de Vânia Lima e direção de episódios de Walkiria Hamu, Diogo Oliveira e Rodrigo Luna. Memórias do Brasil é exibida toda sexta-feira, às 20h30, nos canais por assinatura.

Adelmário Coelho no Rancho Mirabela

Forrozeiro Vaqueiro é o nome do evento que acontecerá dia 28,  às 18h, e será transmitido através do canal Adelmário Coelho no Youtube, diretamente do Rancho Mirabela, na cidade de Jaguaquara. Toda  a ambientação promete transportar os espectadores diretamente para o ambiente de fazenda. Outra novidade é sobre o repertório, focado na  cultura vaqueira e  na  tradição nordestina. Um dos grandes destaques do evento será o sorteio de quatro novilhas nelore. Os interessados em participar do sorteio devem seguir as redes sociais do artista; @adelmariocoelhooficial no Instagram, Adelmário Coelho no Facebook e inscrever-se no YouTube do cantor, através do link https://bit.ly 39dCFUV?, onde serão divulgadas as regras de do sorteio.

Herança banto no Cabula

O curta-metragrem Cá Te Espero no Tumbenci – Saberes e Fazeres, sobre um dos mais antigo Terreiro da nação Angola em Salvador, o Tumbeci (1850) será lançado no dia 11  no canal oficial do youtube Cá Te Espero no Tumbenci-Saberes e Fazeres. O filme aborda a trajetória da importante da Mameto Maria Nenem (1865- 1945), reconhecida como pioneira da tradição Congo Angola e  as relações com o território no outrora quilombo Cabula. O fio da memória é a Mameto Lembamuxi (1954), e a pesquisa visual e historiográfica é baseada naa tese de doutorado de Hildete Costa (2018). O espectador entenderá como seus saberes e fazeres são transmitidos, ampliando assim o legado afro-brasileiro de herança banto, conhecido na tradição do terreiro Congo Angola. Além de buscar estratégias para articular ações culturais, sociais, educativas, com novas perspectivas para a comunidade do Cabula/Beiru e seus 17 bairros do entorno, em Salvador-Bahia.


Na estrada com Zezé Di Camargo e Luciano

Adiado em duas ocasiões, em função da pandemia, o show que os irmãos Zezé Di Camargo e Luciano planejaram para comemorar os seus 29 anos de estrada estreia no dia 19 de dezembro, em São Paulo, no Espaço das Américas. Junto com a produção e a casa de shows eles prometem seguir todo o protocolo da Organização Mundial da Saúde (OMS).


TUM-TUM-TUM*

1 . A baiana Gab Ferreira, que participou dos realities musicais SuperStar – com a banda Alphazimu – e The Voice Brasil, no qual foi semifinalista, será atração da virada do ano no Sauípe Premium Brisa, em Costa do Sauípe. Com a chancela do selo Turismo Responsável, o tema da festa será Perto do Mar, a Gente é Mais Feliz.

2 . Cantores, compositores e capoeiristas, Reinaldinho e Tonho Matéria se apresentam em prol da capoeira e dos mestres antigos. Juntos, ele realizam a live Capoeiragem Musical: Abrace um Mestre Antigo, que acontecerá dia 08 de novembro (domingo), às 14h, no canal do Youtube do ex-vocalista do Terra Samba (https:// www. youtube.com/c/reinaldinho).

3 . A cantora  pernambucana Bia Villa-Chan e o cantor baiano Luiz Caldas se uniram, mesmo à distância, para gravar um clipe com gosto de Carnaval. O clipe de Sonhos Roubados, música assinada por ela e pelo compositor Edinho Queirós, foi gravado no histórico Hotel Central (primeiro arranha-céu do Recife) e contará com imagens de Caldas em casa, em Salvador.


 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas