Gilberto comemora retorno de Lucca e promete ajudá-lo na busca pelo gol

e.c. bahia
23.09.2019, 18:44:00
Atualizado: 23.09.2019, 19:07:09
Gilberto e Lucca em treinamento no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Gilberto comemora retorno de Lucca e promete ajudá-lo na busca pelo gol

Camisa 11 ainda não balançou as redes pelo Bahia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um piscar de olhos e pronto. Lá se foram dois meses desde que Lucca foi anunciado oficialmente como reforço do Bahia. Vindo de empréstimo junto ao Corinthians, o atacante de 29 anos assinou vínculo até julho de 2020 com o tricolor.

Desde então foram nove partidas pelo Esquadrão, oito delas como titular. Apenas na partida de estreia, no empate em 0x0 frente ao Cruzeiro, Lucca iniciou no banco de reservas. Segundo o site de estatísticas Footstats, já são 628 minutos em campo e nenhum gol.

A conquista de um tento para Lucca, contudo, não aconteceu por falta de tentativa. Ainda de acordo com o Footstats, o atacante é o sexto que mais finaliza no elenco tricolor, sendo que tem menos jogos do que todos os seus companheiros que estão à frente nessa estatística. O líder Artur, por exemplo, entrou em campo em 17 oportunidades e nesse período bateu 34 vezes contra as metas adversárias.

Já Lucca, por outro lado, finalizou 15 vezes. Em oito tentativas acertou o gol - noutras sete, bateu pra fora. A taxa de precisão é até boa já que em 53% das vezes em que chutou, ao menos acertou no alvo. Mas o gol ainda não saiu.

O grande especialista em finalizações do tricolor é Gilberto. Ele é o segundo que mais arriscou, mas tem a maior taxa de acerto: 54,5% das tentativas do camisa 9 do Brasileirão foram na direção do gol. Melhor ainda: em 11 situações, a bola balançou a rede. 

Lucca volta à disposição de Roger Machado no jogo contra o Botafogo (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

O artilheiro do Bahia no Brasileirão, também é goleador máximo da equipe na temporada com 26 gols. Solidário com a seca de gols enfrentada por Lucca, o camisa 9 comemorou o retorno do companheiro de ataque e afirmou que vai deixá-lo cobrar o próximo pênalti que o Bahia tiver a seu favor.

"Desde que o Lucca chegou, a gente não perdeu. Perdemos a partida em que ele não estava. (...) e precisar, próximo pênalti deixo ele bater, para ele fazer o primeiro gol, que é mais importante para ele. Começar a desencadear os gols que ele sabe fazer", prometeu Gilberto.

A informação de Gilberto é verdadeira. Lucca ainda não sabe o que é perder vestindo a camisa do Bahia. Foram cinco vitórias e cinco empates com o camisa 11 em campo. Se faltam gols, sobra uma boa mística.

O talismã tricolor e seus companheiros voltam ao relvado da Fonte Nova na próxima quarta-feira às 21h30 contra o Botafogo em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

*com supervisão do subeditor Miro Palma

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas