Homem é espancado por dupla após agredir mulher no Ceará; vídeo

em alta
28.10.2021, 09:53:11
Atualizado: 28.10.2021, 09:59:20

Homem é espancado por dupla após agredir mulher no Ceará; vídeo

Caso ocorreu no começo da manhã, quando o casal retornava de uma festa

Um homem que supostamente estaria agredindo a sua companheira no meio de uma rua, no município de Quixadá, foi espancado com socos e pontapés por uma dupla que passava pelo local no momento do ocorrido. O caso aconteceu nesta quarta-feira, 27, no feriado de 151 anos de emancipação do município, por volta das 6 horas da manhã, após o encerramento de uma festa que se estendeu por toda a madrugada.

Imagens de um vídeo que circula nas redes sociais mostram o homem e a mulher caídos no meio da via. Na sequência, os dois se levantam. Em questão de segundos, duas pessoas descem de um carro e avançam sobre o homem.

Em seguida, ele passa a ser atingido por uma sequência de golpes pesados, desde pisões no estômago até voadoras. Nas imagens, é possível perceber sinais de embriaguez tanto no homem quanto na mulher, já que os dois pareciam combalidos e com dificuldades de manter o equilíbrio ao se levantarem do chão. Assista:

Em entrevista ao portal de notícias Diário de Quixadá, a mulher negou que estivesse sendo agredida pelo seu companheiro. Ela disse que ele estava tentando a levantar do chão, mas também acabou caindo ao seu lado, criando a impressão de que estaria ocorrendo violência. No entanto, o vídeo mostra momentos em que a mulher também participa das agressões após ele ter sido jogado no chão pela dupla.

O POVO procurou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para saber se houve registro da ocorrência na Delegacia do Município e aguarda as informações da pasta.

O Povo para a Rede Nordeste

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas