Homem sem braço e perna fuma maconha, entra em carro, atropela mulher e foge

em alta
14.10.2020, 16:56:36
Atualizado: 14.10.2020, 17:31:52

Homem sem braço e perna fuma maconha, entra em carro, atropela mulher e foge

Amputado foi alcançado pela polícia e acabou preso em Minas Gerais

Homem sem braço e perna fuma maconha, entra em carro, atropela mulher e foge

Foto: Reprodução/R7

Um homem com o braço e a perna esquerdas amputados causou três acidentes e um atropelamento na tarde dessa terça-feira (13), em Belo Horizonte. O motorista de 34 anos, que não possui habilitação, estava em um veículo não adaptado.

Após as batidas, ele entrou em uma perseguição com a polícia, mas acabou sendo alcançado. Segundo o Uol, após ser preso, o suspeito revelou que havia consumido maconha antes de dirigir.

O condutor irregular estava dentro de um Honda Civic e colidiu primeiro com um carro e fugiu. Na fuga, bateu em outros dois carros. Mesmo diante dos acidentes, o homem não parou de novo e, mais adiante, atropelou uma mulher de 42 anos que estava na faixa de pedestres.

Após o atropelamento, o suspeito chegou a fugir pela terceira vez. Uma viatura da polícia que fazia ronda nas proximidades ouviu o barulho das colisões, começou a perseguir o homem e conseguiu prendê-lo.

A assessoria da PM (Polícia Militar) de Minas Gerais disse ao Uol que os militares envolvidos na ocorrência relataram que o suspeito não explicou "o ocorrido de forma coerente", mas confirmou que colidiu contra alguns veículos. O motorista ainda teria revelado à corporação que consumiu maconha antes de dirigir.

Os militares envolvidos na ocorrência ainda apontam que quando o suspeito foi detido ele estava com os olhos vermelhos, "fala desconexa" e "demonstrava capacidade psicomotoras alteradas". A corporação ainda realizou o teste do bafômetro que não detectou nenhuma concentração de álcool na corrente sanguínea do condutor.

Dentro do veículo do suspeito a polícia encontrou uma pequena porção de substância que aparenta ser maconha e uma ponta de cigarro no banco do passageiro.

O homem foi autuado por dirigir veículo sem possuir CNH, dirigir sob influência de qualquer substância psicoativa, e não prestar socorro às vítimas.

A mulher que foi atropelada pelo veículo sofreu escoriações leves no braço direito, porém, não quis receber atendimento médico.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas