Hummer elétrico terá 1.000 cv de potência

autos & etc
24.10.2020, 07:00:00
Atualizado: 24.10.2020, 21:23:36

Hummer elétrico terá 1.000 cv de potência

Picape da General Motors chegará ao mercado no final do ano que vem

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Há décadas, o mercado automotivo dos Estados Unidos é dominado por picapes e a tendência é oferecer opções elétricas para esses veículos. A General Motors tentou investir na Rivian para produzir um modelo assim. Perdeu essa disputa para a Ford, que junto com a Amazon, fez um aporte na starup que irá produzir em Illinois. Mas a GM não desistiu e mostrou nesta semana a Hummer EV.

O modelo chegará ao mercado norte-americano até o final de 2021 pela divisão GMC para estrear a categoria dos superutilitários com zero emissão. "Tínhamos uma meta para a Hummer EV: construir a picape mais impressionante da história", disse Al Oppenheiser, engenheiro-chefe do projeto.

O emblemático nome Hummer vai batizar a primeira picape elétrica da GM
O emblemático nome Hummer vai batizar a primeira picape elétrica da GM
Há um porta-malas na dianteira do utilitário pois os motores elétricos ficam nos eixos
Há um porta-malas na dianteira do utilitário pois os motores elétricos ficam nos eixos
O interior da Hummer EV mescla robustez e tecnologia
O interior da Hummer EV mescla robustez e tecnologia
A suspensão é adaptativa e a tração 4x4
A suspensão é adaptativa e a tração 4x4 (Fotos: GM)

E realmente o veículo chama a atenção: de acordo com estimativas da empresa, é capaz de gerar aproximadamente 1.000 cv de potência e 1.500 kgfm de torque, que são gerados por três motores independentes, distribuídos entre as duas unidades de propulsão do utilitário.

As rodas traseiras e dianteiras poderão ser esterçadas em um mesmo ângulo a baixas velocidades, proporcionando um movimento diagonal do veículo. Além da Rivian, com a sua R1T, a Hummer EV irá disputar com a Nikola Badger e com a Tesla Cybertruck.

MERCEDES PARA SETE
Um ano após sua revelação, o Mercedes-Benz GLB já está disponível no Brasil. Importado do México, esse SUV tem como grande trunfo os sete lugares - até então o único desse porte (4,63 metros de comprimento e 1,83 metro de largura) com sete assentos era o Land Rover Discovery Sport.

O motor 1.3 turbo de quatro cilindros a gasolina foi desenvolvido em parceria com a Renault e também chegará aos carros da francesa - nos quais será flex. São 163 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, disponível a partir de 1.620 rpm. O gerenciamento é feito pela transmissão automática de sete velocidades com dupla embreagem. O preço sugerido para a versão Launch Edition é R$ 299.900.

O novo Mercedes-Benz é produzido no México e leva até sete pessoas (Foto/ Daimler)

KWID ELÉTRICO
A Dacia, empresa controlada pela Renault, apresentou a versão de produção do Spring, configuração 100% elétrica do Kwid para a Europa. O fabricante ainda não divulgou o preço, mas promete que esse será o elétrico mais barato do continente.

A estreia está confirmada para o ano que vem e a autonomia será de 295 km no ambiente urbano e seu motor rende 44 cv de potência. O Spring traz ainda seis airbags, frenagem autônoma de emergência, acendimento automático dos faróis e botão de emergência para acionamento de resgate.

O Dacia Spring terá autonomia para rodar até 295 quilômetros (Foto: Dacia)

O MAIS RÁPIDO
508,7 km/h é o novo recorde de velocidade para um carro de produção. A marca é do SSC Tuatara, que desbancou o Bugatti Chiron e o Koenigsegg Agera.

O modelo é produzido pela Shelby Supercars (SSC), de Jarod Shelby, sem qualquer relação com o mítico Carroll Shelby, e utiliza motor V8 de 5.9 litros com dois turbos que gera 1.774 cv de potência e 185,4 kgfm de torque com E85 – 85% etanol e 15% gasolina.

O Tuatara usa um câmbio automatizado de sete marchas e custa US$ 1.65 milhão, valor que ultrapassa os R$ 9 milhões.

O SSC Tuatara é novo recordista de velocidade máxima para um carrro de produção em série (Foto: SSC)

LUXO SEMINOVO
A OLX Brasil divulgou um dado que mostra o aumento da procura por automóveis premium durante a pandemia. Um levantamento da empresa apontou que as buscas por veículos deste tipo cresceram 23% em agosto em relação à média de janeiro a abril.

No mesmo mês, os usuários visualizaram mais de 26,7 milhões de anúncios de veículos de luxo, o que representa 4,5% do total de publicações visitadas na plataforma na categoria de carros, vans e utilitários. A mais buscada foi a BMW, seguida por Mercedes-Benz e Audi.


A VOLTA DO  KART INDOOR
Fechado desde o início da quarentena, em meados de março, o Kart Bela Vista voltou a operar nesta semana. Ótima opção de lazer, o empreendimento localizado no Shopping Bela Vista está funcionado das 14h30 às 21h, respeitando todas as regras de segurança para evitar o contagio da Covid-19. Agende seu horário pelo telefone (71) 3460-5485 para evitar aglomerações.

O único kart indoor de Salvador voltou a funcionar (Foto: divulgação)


UM MILHÃO
A Volkswagen Caminhões e Ônibus atingiu o marco de um milhão de veículos produzidos. E o milionésimo veículo fabricado foi o Meteor, caminhão extrapesado que chegou ao mercado recentemente. Mais de 85% desse volume foi produzido em Resende, no interior do Rio de Janeiro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas