Humorista viraliza com vídeo sobre os e-mails ignorados da Pfizer

em alta
10.06.2021, 15:15:00
Atualizado: 10.06.2021, 15:26:05
(Reprodução)

Humorista viraliza com vídeo sobre os e-mails ignorados da Pfizer

Ontem, na CPI da Covid, ex-integrante do governo garantiu que negociação teve atenção

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O humorista Esse Menino viralizou nesta quinta-feira (10) com um vídeo em que brinca com a situação dos e-mails sem resposta da Pfizer para o governo brasileiro. Foram 81 mensagens e representantes da Pfizer chegaram até a procurar a embaixada do Brasil em Washington, nos EUA, em busca de uma resposta sobre as propostas para compra do imunizante da farmacêutica contra a covid-19. 

"Aqui quem fala é ela, a Pfizer", diz o humorista, no início do vídeo. A pronúncia acentuada marcou e "PIFAIZER" foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter, com muitos cravando o vídeo como o melhor de 2021. 

No post, o humorista não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). "Era pra gente tá vacinado, muitas pessoas morreram e estão morrendo por capricho desse b..", escreveu.

E-mails da Pfizer
Ontem, falando na CPI da Covid, o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco minimizou a questão dos e-mails não respondidos e disse que a Pfizer era repetitiva nas mensagens. Foram 81 mensagens, segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

“Por vezes a Pfizer emitiu 5 vezes um e-mail com o mesmo teor, 4 vezes no mesmo dia. Ela era muito redundante. Outros e-mails eram justamente respostas a demandas que o ministério havia feito”, disse ele. “Nós demos o máximo de atenção a isso”, garantiu. “Nós tínhamos telefone, estávamos em tratativas, estávamos estudando”.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas