Hyundai atualiza o Creta e Jeep lança SUV de sete lugares

autos & etc
28.08.2021, 16:00:00

Hyundai atualiza o Creta e Jeep lança SUV de sete lugares

Confira quais são os equipamentos e preços desses novos modelos

Os últimos dias foram intensos para a indústria automotiva, com lançamentos e retomada de produção. A Chevrolet voltou a produzir o Onix depois de cinco meses de intervalo devido à falta de semicondutores.

A Porsche lançou no país dois novos produtos da linha GT: o 911 GT3 e o 718 Cayman GT4, carros esporte que podem ser utilizados em pistas.

A Volvo agendou para setembro a estreia do seu primeiro veículo completamente elétrico no Brasil, o XC40 Recharge Pure Electric - modelo que vou guiar nos próximos dias.

A Honda também tem novidades: começou a comercializar no país seu primeiro veículo híbrido, o Accord. Logo no começo de setembro, irei avaliar o sedã com essa nova propulsão.

Nesta semana, dois importantes lançamentos: a linha Hyundai Creta 2022 e o inédito Jeep Commander. Nesta coluna irei mostrar um pouco desses veículos, que chegarão às concessionárias nas próximas semanas.

Em mais alguns dias, análises mais profundas e vídeos com esses produtos serão apresentados no CORREIO.

HYUNDAI CRETA 2022: A OUSADIA COREANA
Líder de vendas entre os SUVs na Bahia, o Creta passou por sua primeira grande atualização no país. O veículo da Hyundai tem uma nova identidade visual, que lembra modelos maiores da marca coreana, como o Santa Fe.

O interior também foi revisto e está mais sofisticado e tecnológico. Entre os destaques estão o teto solar panorâmico, a central multimídia com tela 10,25 polegadas, frenagem autônoma de emergência e uma câmera que monitora o ponto cego.

Na linha 2022, o Hyundai Creta está com desenho muito mais arrojado

Na mecânica, o SUV produzido em Piracicaba, interior de São Paulo, também evoluiu. Entre as novidades estão a introdução do motor 1 litro turbo, que rende 120 cv de potência, e a recalibração do propulsor 2 litros aspirado, que rende agora até 167 cv de potência. De acordo com o fabricante, ele está 8% mais econômico.

O interior do SUV ficou mais sofisticado e tecnológico

Outro ajuste foi feito no sistema de frenagem, com a adoção de discos na traseira e acionamento elétrico para o freio de estacionamento.

O bagageiro segue amplo, com capacidade para 422 litros

São quatro versões, sempre com transmissão automática: 1.0 Comfort (R$ 107.490), 1.0 Limited (R$ 120.490), 1.0 Platinum (R$ 135.490) e 2.0 Ultimate (R$ 146.990). A geração anterior continua com um produto em linha, a versão Action com motor 1.6 e câmbio automático que custa R$ 96.490.

COMMANDER, O NOVO JEEP DE SETE LUGARES
A Jeep comanda o mercado de SUVs no Brasil e lidera os dois principais segmentos com o Renegade e o Compass. Agora a empresa americana quer ser referência entre os modelos de sete lugares com o inédito Commander.

Montado em Pernambuco, sob a mesma plataforma modular dos outros dois modelos, o novo Jeep é mais luxuoso que o Compass e não terá opcionais.

O Jeep Commander é 36,5 cm maior e 4 cm mais largo que o Compass

Ele conta com apenas duas versões: Limited e Overland. O primeiro já tem um bom pacote de equipamentos, que inclui painel de instrumentos digital, sistema multimídia conectado e os sistemas de assistência ao motorista, como alerta de ponto-cego, piloto automático adaptativo, alerta de saída de faixa e frenagem automática, assim como assistente de estacionamento automático.

Todas as versões do novo veículo são muito bem equipadas

Essas duas configurações podem ser associadas aos dois conjuntos mecânicos, ambos com câmbio automático: 1.3 litro turbo flex (até 185 cv) e tração 4x2 e 2 litros turbo diesel (170 cv) e tração 4x4. Assim, são oferecidas quatro opções: Limited flex (R$ 199.990), Overland flex (R$ 219.990), Limited diesel (R$ 259.990) e Overland diesel (R$ 279.990).

Com todos os bancos montados, o bagageiro leva 233 litros

Entre os rivais estão Caoa Chery Tiggo 8, Mercedes-Benz GLB, Mitsubishi Outlander, Toyota SW4 flex e Volkswagen Tiguan Allspace.

VÍDEOS SOB DEMANDA
A direção da Fórmula 1 confirmou que a Netflix irá lançar em março de 2022 a quarta temporada de Drive to Survive, série que mostra os bastidores do campeonato.

A Netflix também programou, para o próximo dia 15, o documentário sobre Michael Shumacher, que foi sete vezes campeão da F1.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas