INB vai retomar produção de urânio em Caetité, ainda este ano

negócios
04.09.2018, 05:00:00
Atualizado: 04.09.2018, 08:52:20

INB vai retomar produção de urânio em Caetité, ainda este ano


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A INB, Indústrias Nucleares do Brasil, espera retomar a produção de urano em Caetité, na região Sudoeste da Bahia, ainda este ano. Ou melhor, tão logo todas as licenças operacionais tenham sido emitidas ou renovadas. A plena produção das jazidas está incluída no planejamento estratégico da empresa, que prevê que até 2026 ela seja superavitária. No momento, a estatal depende repasses do Tesouro Nacional para fechar suas contas. O faturamento anual da empresa tem variado entre R$ 600 milhões e R$ 700 milhões, e seu custo é até 35% maior. Parte deste valor se deve justamente pela importação do urânio usado para alimentas as duas usinas nucleares em operação no país (Angra 1 e Angra 2). O presidente da INB, Reinaldo Gonzaga, declarou inclusive que com a retomada da produção em Caetité o Brasil poderá exportar urânio, criando mais uma fonte de receita para a empresa. O planejamento estratégico da INB foi feito em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV) e prevê também o avanço no programa de enriquecimento de urânio dentro do Brasil. Este programa é desenvolvido em parceria com a Marinha, no município carioca de Resende. O enriquecimento do urânio é assunto polêmico. Poucos países do mundo detêm esta tecnologia que pode ser usada para a fabricação de armas nucleares. Desde sempre, o Brasil declarou que seu programa nuclear é para fins pacíficos. 

Produção – A produção de urânio em Caetité está desativada desde 2014. As reservas de urânio ocupam 1,7 mil hectares, onde a INB identificou 38 depósitos do minério. A projeção da estatal é a de um retorno gradativo da produção, de cerca de 70 toneladas de urânio de uma capacidade estimada de 400 toneladas. Ainda de acordo com declarações de Gonzaga, a plena produção deve ser atingida em 2019. Além da extração do minério, a INB Caetité também realizava – e voltará a realizar – o primeiro beneficiamento do urânio, transformando-o em um concentrado conhecido como yellowcake. Este produto é exportado para ser enriquecido e então retornar ao Brasil para ser utilizados nas usinas de Angra dos Reis (RJ).  Nos 16 anos em que esteve em operação, a INB Caetité produziu 3.750 toneladas de concentrado de urânio a partir da exploração a céu aberto de uma dessas jazidas – a mina Cachoeira.


Mostra de decoração tem alta procura

A organização da mostra de decoração Morar Mais por Menos está comemorando a marca de 70%  de vendas do espaço comercializável da feira, que acontece em Salvador entre 17 de outubro e 25 de novembro na sede da ONG Hora da Criança, na Av. Juracy Magalhães, centro de Salvador. Já são 29 espaços ocupados por arquitetos, decoradores ou empresas do setor, o que para os organizadores do evento significa uma mostra de força e resiliência do segmento frente à prolongada crise brasileira. A Hora da Criança existe há 75 anos e desenvolve um trabalho educativo em Salvador. Após o término da mostra, o espaço receberá melhorias estruturais e duradouras proporcionadas pelo evento. O fato de acontecer em uma ONG, por pelo menos três edições, e realizar benfeitorias no espaço, faz da Morar Mais por Menos uma mostra inovadora, sustentável e que proporciona inclusão social. “Muito mais que uma mostra de decoração e arquitetura, fazemos parte de um projeto sustentável pautado pela responsabilidade social. Vamos usar o espaço durante a Morar Mais e deixar melhorias sustentáveis como legado para a Hora da Criança”, disse Ana Paula Doria, sócia da Qualitè Eventos, empresa responsável pela mostra em Salvador. 


Gastronomia e Tecnologia

A tecnologia pode ser uma aliada e tanto para os negócios da área de gastronomia. Pensando nisso, o restaurante Isola Dei Sapori, que está localizado no Rio Vermelho, se juntou às startups Uber Eats e o Rappi para facilitar a entrega de seus produtos nas residências de clientes espalhados em toda Salvador. O serviço de pedidos e entregas seguem o horário de funcionamento do restaurante, de terça a quinta-feira, das 19h às 23h, sexta e sábado, das 12h às 15h, reabrindo depois, às 19h e fechando às 0h, e aos domingos, das 12h às 18h. “Gosto da tecnologia e resolvi trazer para nossa casa. Os clientes poderão contar com diversas opções na hora de fazer os pedidos, desde nossa gastronomia italiana, nossos vinhos e o famoso gelato italiano, especialidade do Isola”, afirma o chef e proprietário restaurante, Marco Caria.


Cerveja inovada

A Cervejaria Ambev, que tem fábrica em Camaçari, deu mais um passo para o desenvolvimento da cultura cervejeira e da inovação no Brasil e no mundo ao inaugurar o CIT – Centro de Inovação e Tecnologia Cervejeira  no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O Centro, que é o 6º do grupo ABI Inbev no mundo, tem como missão desenvolver novas cervejas, receitas, embalagens e outras bebidas. Foi em um desses centros que foi desenvolvida a recém-lançada SKOL HOPS, que acaba de ser premiada na categoria Hop Pilsner no World Beer Awards 2018, a copa do mundo da cerveja. A Skol Hops, inclusive, fez sua estreia mundial no mercado baiano durante os festejos juninos patrocinados pela marca. O CTI vai ocupar 15 mil metros quadrados utilizados por cerca de 80 pessoas, sendo mais de 10 mestres-cervejeiros, para pensar durante todos os dias qual será a próxima cerveja que irá ao mercado no Brasil. Segundo a companhia, o time realiza todos os meses um mínimo de   40 sessões de degustação para analisar estilos, sabores e aromas das potenciais novas cervejas. Todas essas etapas permitem que ao menos oito inovações envolvendo cervejas, embalagens, rótulos e outras bebidas, como sucos e refrigerantes, por exemplo, sejam criadas no CIT a cada 30 dias. 



FIQUE POR DENTRO 


Pink money – O público que comparecer à Parada do Orgulho LGBT da Bahia, que acontece no próximo final de semana, será entrevistado pela Secretaria Estadual do Turismo (Setur). O objetivo é saber o meio de hospedagem utilizado, número de pernoites em Salvador, procedência, grau de instrução e renda mensal, entre outras informações necessárias para aperfeiçoar a estratégia de atração e aumento de permanência deste público no estado. 


Empresa benéfica - A Obrigado, marca baiana de água e produtos à base de coco, acaba de receber a certificação B Corp e passa a fazer parte da rede global de empresas e organizações que unem crescimento econômico à promoção do bem-estar social e ambiental. Entre os principais fatores que levaram a companhia a obter este reconhecimento estão a preservação da Mata Atlântica na maioria de suas fazendas de coco, a parceria com as comunidades locais para desenvolvimento da região e a criação do Instituto Gente, que apoia projetos culturais e educacionais da comunidade de Pedra Grande, no Conde (BA), além do foco em uma produção com resíduo zero. Para ser classificada como uma empresa B - “Benéfica”, a companhia é voluntariamente avaliada pela organização sem fins lucrativos B Lab (EUA) em mais de 180 fatores que abrangem desde análise dos prédios corporativos - o quanto são ecologicamente corretos -, a forma como os colaboradores são tratados e a transparência apresentada no relatório corporativo.


Ranking - A Braskem está, pela primeira vez, na lista “Change the World” da revista Fortune, uma das publicações de negócios mais tradicional do mundo. O ranking, divulgado na semana passada, elenca as empresas que promovem mais impactos sociais positivos com suas ações. Entre as 63 selecionadas, a companhia baiana ocupa a 14ª posição. A colocação veio graças ao Plástico Verde, produzido a partir de cana-de-açúcar, o produto é 100% reciclável e contribui para a redução de emissão dos gases do efeito estufa na atmosfera. Recentemente, a Braskem também foi eleita como a primeira empresa no setor químico e petroquímico e a oitava na classificação geral pelo Valor 1.000, listagem feita pelo jornal Valor Econômico por ter registrado lucro recorde em 2017.


ISO renovada - A LM Frotas renovou a certificação ISO 9001 já com base nas normas modificadas em 2015. A primeira certificação da empresa foi em 2005. A certificação, segundo a empresa, reflete o seu compromisso em promover uma gestão do negócio voltada a superar expectativas de clientes, colaboradores, acionistas, fornecedores e demais partes interessadas no negócio.

Doces - A Fini, uma das principais empresas de candies do mundo, inaugurou uma unidade de suas franquias no Shopping Barra. O quiosque possui os clássicos da marca, como as balas de Ursinho, Minhoca e Dentadura, além de mais de 80 produtos importados e exclusivos da Espanha. Líder no segmento de candies no Brasil, a Fini está em ascensão no universo das franquias devido, entre outras vantagens, a uma lucratividade de 13% a 15%.  A expectativa para os próximos dois anos é dobrar o número de unidades e triplicar o faturamento. O investimento inicial é de R$ 120 mil e o prazo para retorno é estimado entre 18 e 24 meses. 

Crédito imobiliário - No primeiro semestre deste ano, o Itaú Unibanco registrou um aumento de 27% no montante de financiamento imobiliário na Bahia em relação ao mesmo período de 2017. Considerando toda a região Nordeste, o valor total financiado foi 34% maior do que o destinado ao segmento nos primeiros seis meses do ano passado. O Itaú Unibanco é líder na concessão de financiamentos de imóveis para pessoas físicas entre os bancos privados no País, com uma carteira total de mais de R$ 40 bilhões


Comemoração – A Ferreira Costa está fazendo 10 anos de operação em Salvador. Como não bastasse a data redonda, a empresa tem outro motivo para comemorar. É que ao longo deste tempo ela se tornou a casa de materiais de construção mais lembrada pelos soteropolitanos de acordo com a última pesquisa Top of Mind. "A diversidade e qualidade dos nossos produtos, sem dúvida, são alguns dos nossos diferencias. Isso sem falar em serviços como o Clube do Profissional, Lista de Casamento com compras on-line, televendas, vendas corporativas e nosso Centro Automotivo, que agregam valor à marca e fazem com que o cliente não venha só comprar, mas passear e resolver pendências do dia a dia”, explica o diretor da loja, Guilherme Ferreira da Costa. A empresa hoje emprega 3.100 colaboradores diretos e mais 400 promotores nas lojas localizadas em Pernambuco (3), Sergipe (1) e Bahia (1). 

Compliance - No próximo dia 13 a Deloitte lança em Salvador o caderno Compliance à Luz da Governança Corporativa. A publicação foi elaborada em parceria com o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). O evento conta com a presença de Edson Cedraz e Ricardo Teixeira, sócios da Deloitte, que vão debater junto a outros especialistas sobre o tema que graças às operações de combate à corrupção ganha cada vez mais relevância nas corporações.

Encontro - Atacadistas e distribuidores de todo o Nordeste se reúnem entre os próximos dias 6 e 9 de setembro, em Guarajuba, no litoral norte, durante o 2º Encontro Anual dos Agentes de distribuição da região. Cerca de duas mil pessoas, incluindo ainda representantes dos principais players do mercado (indústria e varejo), além de autoridades e convidados, estarão presentes no Vila Galé Marés Resort.


Equidade - A Natura é uma das poucas empresas brasileiras que já oferecem aos seus colaboradores uma licença-paternidade remunerada de até 40 dias. A empresa afirma que assim contribui para a equidade de gênero e para o fortalecimento das relações familiares como um todo. O benefício é estendido a casais do mesmo sexo e em casos de adoção.
 

*É editor de Economia e Negocios do CORREIO. A coluna é publicada todas as terças-feiras.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas