Incêndio deixa pelo menos oito mortos em Paris

mundo
05.02.2019, 07:53:14
Atualizado: 05.02.2019, 07:59:46

Incêndio deixa pelo menos oito mortos em Paris

Autoridades não descartam que haja mais vítimas no prédio

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pelo menos oito pessoas morreram em um incêndio de grandes proporções, na madrugada desta terça-feira (5), num edifício de oito andares em Paris. O incêndio deixou também 31 feridos, um deles em estado grave, de acordo com os bombeiros.

As chamas, que começaram por volta da 1h (horário local), de origem ainda desconhecida, só foram controladas por volta das 6h30.

As autoridades não descartam que haja mais vítimas no prédio, situado no 16º arrondissement (oeste da capital francesa), principalmente nos andares superiores. Segundo um bombeiro, cerca de 50 pessoas foram resgatadas.

As autoridades suspeitam que o incêndio tenha sido um ato criminoso e detiveram uma mulher, que é moradora do edifício e suspeita de iniciar o fogo. "No momento, a hipótese de incêndio criminoso é a que tem mais peso", disse um promotor.

O incêndio pegou de surpresa muitos moradores que dormiam, o que, somado à velocidade com que as chamas se espalharam, pode explicar o elevado número de vítimas.

Trata-se de um edifício da década de 1970, localizado perto do bosque de Bolonha, uma área nobre da capital francesa. O prédio ficou devastado, e dois blocos adjacentes foram esvaziados como medida de precaução.

*Com informações da Deutsche Welle (agência pública da Alemanha)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas