Indignado com aglomerações no feriadão, prefeito critica passeatas: 'Péssimo exemplo'

salvador
08.09.2021, 14:18:00
(Bruno Concha/Secom)

Indignado com aglomerações no feriadão, prefeito critica passeatas: 'Péssimo exemplo'

Bruno Reis também reclamou de lotação e desrespeito no Porto da Barra

O prefeito Bruno Reis não gostou nada do que viu durante o feriado do Dia da Independência. Aglomerações em manifestações e praias foram mal vistas pelo líder municipal, que reforçou que a população não pode esquecer que ainda existe a pandemia do coronavírus.

“As manifestações foram um péssimo exemplo para a população. Não há como controlar as praias com as calçadas da Barra lotadas de manifestantes, assim como Avenida Sete, Campo Grande e Praça da Sé. Tanto os políticos de direita quanto de esquerda deram péssimos exemplos. Poderiam deixar para fazer manifestação em outro momento. Ainda estamos a um ano das eleições e enfrentando uma pandemia que, infelizmente, está deixando consequências na vida social e econômica dos brasileiros”, criticou Bruno Reis.

O prefeito também ficou chateado com a situação das praias na cidade, que ficaram lotadas de banhistas durante todo o dia. Ele ressaltou que, mesmo montando uma estratégia de controle do acesso da população à praia do Porto da Barra, muitos não respeitaram e chegaram a pular a balaustrada.

“Como cobrar medidas de isolamento social, respeito, num cenário como esse? Não é fácil controlar 64 km de orla, e fica mais difícil ainda quando os políticos dão maus exemplos. O sentimento hoje é de indignação porque a Prefeitura vem fazendo esforço grande para sairmos o mais rápido possível da pandemia. Ainda precisamos nos cuidar”, acrescentou Bruno Reis. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas