Ivete não fará a virada do ano em Salvador, confirma Bruno Reis

salvador
04.07.2022, 11:15:21
(Bruno Concha/PMS)

Ivete não fará a virada do ano em Salvador, confirma Bruno Reis

Cantora já foi contratada para se apresentar em outra festa

Após alguns anos fazendo a virada do ano em Salvador, a cantora Ivete Sangalo não vai fazer a contagem regressiva para receber o ano de 2023. A informação foi confirmada pelo prefeito Bruno Reis, nesta segunda-feira (4).

Ivete vai fazer a virada em Miami, nos Estados Unidos, mas deve participar de algum dia do Festival Virada Salvador, segundo o prefeito. "Ivete não poderá tocar na virada, mas não significa que não irá tocar outro dia, porque são 5 dias de festival. Ela foi contratada para Miami, mas vamos, sem sombra de dúvidas vamos colocar outros artistas. É difícil substituir Ivete, mas a Bahia tem nomes importantes da música", disse.

Ainda de acordo com Bruno, a grade de atrações está quase definida. "Vamos ter grandes artistas na virada, espero que possamos divulgar o quanto antes. Quem mais quer  anunciar com antecedência e brevidade é o prefeito. O nosso desejo é atrair milhares de visitantes para a nossa cidade", afirmou.

O que falta fechar são os patrocidadores da festa, segundo o prefeito.

Carnaval
O prefeito também falou sobre a possível mudança no circuito do Carnaval para a Boca do Rio. O projeto ainda está em fase de elaboração pelos empresários que trabalham na festa.

"A previsão é de que seja encaminhado em agosto. O projeto está sendo elaborado a partir de uma grande intervenção que vamos fazer em Pituaçu. A medida que for aprovado pelo Comcar, a prefeitura vai analisar e emitir uma opinião", explicou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas