Jubarte

olhares
08.10.2020, 06:00:00

Jubarte

A “Expedição Entre Baleias e Golfinhos 2020 – Praia do Forte a Vitória” foi realizada pelo Projeto Baleia Jubarte para monitorar as baleias na costa baiana.

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foram 26 dias de navegação, mais de 800 milhas náuticas navegadas (cerca de 1.450 km) e 173 grupos de baleias avistados.
Foram 26 dias de navegação, mais de 800 milhas náuticas navegadas (cerca de 1.450 km) e 173 grupos de baleias avistados. (Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)
O objetivo da viagem foi registrar os animais em seu ambiente de reprodução natural no país.
O objetivo da viagem foi registrar os animais em seu ambiente de reprodução natural no país. (Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)
As jubartes estão no litoral baiano entre o inverno e a primavera, quando vêm da região antártica para acasalar.
As jubartes estão no litoral baiano entre o inverno e a primavera, quando vêm da região antártica para acasalar. (Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)
A região do Banco dos Abrolhos, no sul do estado, é a principal área de concentração das jubartes no Brasil.
A região do Banco dos Abrolhos, no sul do estado, é a principal área de concentração das jubartes no Brasil. (Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)
Como foi alvo de caça indiscriminada desde a época do Brasil Colônia, a espécie já chegou a estar à beira da extinção. A caça foi proibida na metade do século XX.
Como foi alvo de caça indiscriminada desde a época do Brasil Colônia, a espécie já chegou a estar à beira da extinção. A caça foi proibida na metade do século XX. (Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas