Kombi elétrica: conheça novo veículo de carga que não consome gasolina

autos & etc
12.03.2022, 16:00:00

Kombi elétrica: conheça novo veículo de carga que não consome gasolina

Conheça ID. Buzz, a nova geração da van, confira como ficou a Ranger FX4 e saiba qual Fiat receberá a chancela da Abarth
A inspiração da Volkswagen foi na primeira geração da Kombi

Veículos icônicos como o Fusca e a Kombi se tornaram personagens da cultura pop. Fazem parte de livros, filmes e o utilitário é inclusive associado ao movimento hippie pela versatilidade de servir como casa e meio de transporte.

Desde que deixou de ser produzida, a Kombi era alvo de especulações e a própria Volkswagen apresentou versões conceituais que reforçavam isso.

Enfim, a agora é oficial, o fabricante alemão revelou as formas finais dos novos modelos da linha de elétricos: ID. Buzz e ID. Buzz Cargo.

O interior segue o estilo adotado em outros modelos da linha ID

Eles serão equipados com uma bateria de 77 kWh, que fornece corrente para um motor elétrico de 204 cv de potência, que movimenta o eixo traseiro.

Os veículos são inspirados na primeira geração da Kombi, a T1, e as entregas estão programadas para começar em setembro na Europa. No entanto, os preços ainda não foram revelados.

AMPLIANDO O PORTFÓLIO
Depois do sucesso das versões Black e Storm, a Ford segue apresentando opções diferenciadas da Ranger. Dessa vez, a empresa lançou a FX4 que mescla características da XLT e da Storm.

A configuração FX4 tem visual aventureiro e o mesmo preço da versão XLT

Os equipamentos, incluindo o motor de 200 cv, e o preço são os mesmo da XLT (R$ 288.990), mas sem os cromados, que foram substituídos por uma pintura preta e itens que reforçam o aspecto aventureiro como alargadores de para-lama e pneus de uso misto.

A tração é 4x4 e a picape conta com cinco anos de garantia.

A VOLTA DO ESCORPIÃO
Depois do Stilo e do 500, outro produto da Fiat irá receber a chancela da Abarth no Brasil, o Pulse.

No entanto, será a primeira vez que o selo da preparadora criada por Carlo Abarth em 1949, e que pertence à Fiat desde 1971, irá desenvolver um produto no país.

A aposta é que a grife do escorpião retorne ao Brasil a bordo do Pulse, nesse caso, o crossover seria equipado com motor 1.3 turbo, que rende 185 cv de potência. Minha previsão é que o lançamento seja em outubro, marcando um ano do modelo no país.

DOMÍNIO NAS MOTOS
A Honda foi a empresa que mais vendeu motocicletas na Bahia em fevereiro. Com participação de 83,79% dos emplacamentos, o fabricante japonês ficou com as cinco primeiras posições entre os produtos mais vendidos no último mês.

A CG 160 foi a campeã, com 1.148 unidades licenciadas e foi seguida pela Pop 110i (1.196) e NXR 160 (692). A Biz (676) ficou com a quarta posição e a PCX 150 (114) com a quinta colocação. 

MERCADO EM BAIXA
Com baixa aprovação de crédito para financiamento, fevereiro foi um mês fraco para comercialização de motos no estado. Foram 5.023 emplacamentos contra 5.617 unidades licenciadas em janeiro e 3.767 exemplares de fevereiro do ano passado.

No mercado nacional também houve queda: foram 74.065 unidades em fevereiro contra 89.682 motos de janeiro. No entanto, o volume é superior a fevereiro de 2021, com 57.423 emplacamentos.

NOVO RENAULT NO BRASIL
A Renault está mesmo mudando seu rumo no mercado brasileiro com produtos mais modernos, inclusive com produção local.

Nesta semana, foram confirmadas duas novidades nesse sentido: a produção de um motor 1 litro turbo e de uma plataforma inédita no país.

O Kiger é um dos modelos cotados para produção nacional

A plataforma, a base na qual um veículo é montado, é a CMF-B que permite a chegada de novos produtos no futuro, bem como uma eventual eletrificação. Uma das possibilidades é produzir nela o Kiger, um SUV compacto.

QUATRO DÉCADAS
O Pajero está completando 40 anos do seu lançamento comercial. O SUV da Mitsubishi, era oferecido inicialmente com carroceria de três portas e três opções de motores: 2.3 diesel de 84 cv, 2.3 turbo diesel de 95 cv e 2.0 a gasolina de 110 cv, com opções de câmbio manual ou automático.

Inicialmente, o Pajero tinha carroceria de três portas

Maior vencedor do Rally Dakar, com 12 triunfos, o modelo deu origem a uma linha de produtos que incluiu as configurações Full, Sport e TR4 - esses dois últimos chegaram a ter produção nacional.

ASSOCIAÇÃO ELEGE O COMMANDER
O Jeep Commander foi o escolhido pela Associação América Latina da Imprensa de Carros (Americar) como o vencedor do Prêmio Americar 2022.

O Commander foi o veículo mais votado pelos membros da Americar

O SUV produzido em Goiana, Pernambuco, venceu o Caoa Chery Tiggo 7 Pro, Fiat Pulse, Ford Bronco Sport e o Volkswagen Taos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas